LABORATÓRIO – BNDES libera crédito para Aché

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e SocialS) informou ontem ter aprovado um crédito de R$ 64,2 milhões ao laboratório Aché e sua controlada Biosintética Farmacêutica para investimentos no desenvolvimento de novos medicamentos, genéricos e similares. O financiamento do banco será usado para cobrir 88% do custo dos projetos das duas empresas.
Os recursos aprovados pelo BNDES serão liberados no âmbito dos subprogramas para produção e inovação do Profarma, o programa do banco de fomento que oferece condições diferenciadas de financiamento para o desenvolvimento de empresas brasileiras dos setores de fármacos e de equipamentos médicos, considerado estratégico pela política industrial do governo, o Plano Brasil Maior.
Segundo o BNDES, o projeto do Aché Laboratórios compreende investimentos em pesquisa, desenvolvimento e registro de produtos das duas marcas, contemplando produtos inovadores e renovação de registro de genéricos e similares já comercializados no país.
O segundo grupo de investimentos das empresas, o de medicamentos similares, inclui produtos para os quais já há remédios de referência e/ou genéricos produzidos e comercializados no mercado brasileiro”, explica a nota do BNDES.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email