Kangoo conta com motor bicombustível

Famoso por oferecer uma das melhores relações custo/ benefício da sua categoria (furgões pequenos), o Kangoo Express passou a ser equipado, a partir da linha 2007 do modelo, com a motorização bicombustível 1.6 16V Hi-Flex, que garante melhor desempenho e reduzidos índices de emissões e de consumo de combustível. O modelo chega à edição deste ano da Fenatran com níveis incomparáveis de conforto a bordo, dirigibilidade e performance nas mais diversas condições de trânsito.

O propulsor bicombustível 1.6 16V Hi-Flex que passou a equipar a linha Kangoo Express foi totalmente desenvolvido pela Renault do Brasil e é reconhecido por conciliar ótimo desempenho com baixo nível de consumo de combustível.
Equipado com essa motorização, o Kangoo Express oferece a potência de 98,3 cv (álcool) / 95 cv (gasolina) a 5.000 rpm e desenvolve um torque máximo de 15,3 mkgf (álcool) / 15,1 mkgf (gasolina) a 3.750 rpm. Esses números representam um ganho de 3,3 cv e 0,2 mkgf (ambos com 100% álcool), em termos de potência e torque, respectivamente, se comparado com a motorização movida a gasolina utilizada anteriormente.

Nível de dirigibilidade

O Kangoo Express 1.6 16V Hi-Flex atinge a velocidade máxima de 161 km/h e acelera de 0 a 100 km/h em 12,5 segundos, ante 159 km/h e 13 s, respectivamente, utilizando somente gasolina. Além desse desempenho notável, essa motorização bicombustível permitiu ao Kangoo Express ampliar o já consagrado nível de dirigibilidade e manter um excelente custo por quilômetro rodado.

O Kangoo Express possui grande apelo de compra entre os consumidores de seu segmento graças às suas características de funcionalidade e praticidade, como, por exemplo, a capacidade para transportar 760 kg de carga útil (a maior da sua categoria). Além disso, o modelo conta com a facilidade oferecida pelas portas traseiras assimétricas, regulagem interna elétrica da altura dos faróis e 2,8 m³ de volume no compartimento de carga.

A agilidade é outra característica atraente, devido à disponibilização de direção hidráulica e ao excelente diâmetro de esterçamento mínimo da direção, que é de 10,5 metros de batente a batente.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email