Kamélia, carnaval começa no sábado

Como acontece há mais de 70 anos, desde 1938 para ser exato, mais uma vez a boneca negra Kamélia chega a Manaus abrindo o carnaval da capital neste sábado (10).
“A Kamélia, como já é tradição, chega a Manaus vindo da Bahia às 21h33, no aeroporto Eduardo Gomes, onde será recebida com muita festa pelos seus admiradores e pela bateria da sua escola de samba. Depois, seguirá em carreata pelas ruas da cidade até a sede do Olímpico Clube, onde a animação já estará acontecendo”, falou Almério Botelho, presidente do Olímpico Clube.
Houve uma época em que os bailes carnavalescos eram bastante concorridos na capital amazonense, entre eles o Baile da Chegada da Kamélia, mas com o tempo e a ascensão das escolas de samba e, principalmente, das bandas de rua, esses bailes foram perdendo força. Para revigorar a trajetória de vida da boneca, em 7 de dezembro de 2003 foi criada a escola de samba Império da Kamélia.
Em 2006 a escola de samba fez seu primeiro desfile no sambódromo, com o enredo “Kamélia, assim nasceu a minha escola”. No Carnaval de 2009, homenageando seu santo padroeiro, com o enredo “São Jorge, o guerreiro da arte, do amor e da fé”, a Império da Kamélia ganhou seu primeiro campeonato, consagrando-se a vencedora do grupo de Acesso B.
“Diante de uma história cultural invejável, podemos concluir que Kandú criou a Kamélia, o Olímpico a projetou e o povo a consagrou”, falou Almério.
No ano passado, a grande consagração. Com o enredo “Celebrando a cultura, a Kamélia brinca as festas do meu Amazonas”, a Império da Kamélia foi a campeã do grupo de Acesso A passando a integrar o grupo de elite do Carnaval de Manaus. “Em 2015, depois de ser, por duas vezes, vetada a ascender ao Grupo Especial, finalmente a Império da Kamélia estreia, em grande estilo, entre as grandes”, comemorou Almério. A escola de samba vai defender o enredo “Luz, a energia que move o mundo”, em seu desfile, no sambódromo.

Lojas 4.400
A Kamélia começou a integrar a história do Carnaval amazonense em dezembro de 1938, quando uma boneca negra de apenas 75 cm de altura, comprada por Cândido Jeremias Cumaru, o popular Kandu, por quatro mil réis nas Lojas 4.400 e trajada à moda baiana, passou a ser levada por ele, amarrada num galho de ingazeira, durante as brincadeiras dos blocos de sujo que desciam a avenida Eduardo Ribeiro, no Carnaval. Naquele ano havia sido lançada a marchinha “Jardineira”, do flautista Benedito Lacerda, e a Kamélia da letra da música (Foi a Kamélia que caiu do galho, deu dois suspiros e depois morreu), deu nome à boneca do Kandu e, nos carnavais que se seguiram, passou a arrastar multidões pelas principais ruas da cidade.
Carnavalesco inveterado, Kandu chegou a ser diretor do Olímpico, fazendo com que a Kamélia atingisse a fama e o sucesso que a mantém em evidência até os dias de hoje. “Ela sempre foi um símbolo popular. Participou de ceias e blocos no tradicional bar Avenida até a metade de 1940. Há muitos anos vem comandando o Carnaval de Manaus. Desde o prefeito Walter Rayol (1955), a morena irresistível recebe a chave da cidade, sendo que, em 1958, quando o prefeito era Gilberto Mestrinho, a bela mulata passou a receber a homenagem no antigo aeroporto de Ponta Pelada, depois de uma suposta chegada sua vinda da Bahia”, explicou Almério. Na Manaus daqueles tempos, de poucos atrativos e pouquíssimos veículos, a carreata da Kamélia pelas ruas da cidade eram uma verdadeira festa aguardada pelos foliões momescos, que a partir de então, consideraram aquele evento como a abertura oficial do Carnaval manauara, o que se repete até hoje.
Dos 75 cm iniciais, a Kamélia atual mede cerca de três metros de altura e pesa aproximadamente 22 quilos, sempre vestida como baiana. Na sua coroa de cinco pontas estão representados os cinco aros do Olímpico Clube.

Evaldo Ferreira
[email protected]

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email