Juros ficam estáveis em setembro

As taxas de juros pagas em operações de empréstimo pessoal e cheque especial estão estáveis em setembro na comparação com agosto, segundo aponta pesquisa da Fundação Procon São Paulo.
O levantamento feito com dez instituições bancárias revela que a taxa para operações de crédito ficaram estáveis em 5,27%. Já o juro médio que o consumidor terá que pagar caso utilize o cheque especial é de 8,22%, mesmo patamar do mês passado.
Para o Procon, essa manutenção não altera a situação do tomador de crédito no Brasil, já que as taxas continuam em um patamar elevado. A instituição alerta ainda para a elevação do nível de endividamento dos consumidores propiciado pelo aumento da oferta de crédito, que não foi acompanhada por uma expansão da renda.
“A expansão do crédito, de um lado, permitiu que um maior número de pessoas tivesse acesso a várias linhas de financiamento, mas, de outro, encorajou o aumento do consumo sem o correspondente aumento da renda. O resultado foi a ocorrência de altos índices de endividamento”, ressalta o levantamento do Procon.
Segundo o Procon, o corte de 0,25 ponto percentual na taxa básica de juros para 11,25% ao ano feito pelo Copom (Comitê de Política Monetária).
Considerando a possibilidade de variação da taxa do empréstimo pessoal em razão do prazo do contrato, o Procon estipulou o período de 12 meses para a pesquisa, já que todos os bancos pesquisados trabalham com este prazo. Além disso, nas duas modalidades de crédito, o dados coletados referem-se a taxas máximas pré-fixadas para clientes não preferenciais, sendo que para o cheque especial foi considerado o período de 30 dias. Os bancos pesquisados no dia 4 de setembro foram Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Nossa Caixa, Real, Safra, Santander Banespa, além do Unibanco.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email