3 de julho de 2022
Prancheta 2@3x (1)
https://www.jcam.com.br/Upload/images/Noticias/2019/2Sem/09Setembro/14/Fernando%20Magalhaes%20perfil.jpg
São os maiores aliados dos pequenos investidores e os maiores inimigos dos endividados

Os juros compostos são os maiores aliados dos pequenos investidores e os maiores inimigos dos endividados. Você se sente desmotivado a investir porque tem pouco dinheiro disponível? Você acha que investir é coisa de rico? Nesse artigo eu pretendo lhe mostrar que pequenos investimentos constantes ao longo do tempo fazem toda a diferença graças aos juros compostos.

Imagine que eu devo lhe dar mil reais, sem qualquer risco de eu não lhe entregar esse dinheiro. Então eu lhe pergunto: Você prefere receber esse dinheiro hoje ou ano que vem?

Quase que intuitivamente você deve responder que prefere esse dinheiro hoje, afinal você pode fazer alguma coisa com esse dinheiro hoje que vai lhe render mais no período. Mas e se eu chego para você e pergunto: Você prefere receber mil reais hoje ou mil e dez reais ano que vem?

Aí a coisa complicou, não é? Você não sabe com certeza qual vale mais a pena. E é por isso que devemos entender o valor do dinheiro no tempo. Mil reais hoje não valem a mesma coisa que mil reais em um ano por conta da inflação. E para você poder determinar o que vale mais a pena, você precisa saber quais os juros que você pode receber nesse período. Aí entra a importância dos juros compostos.

Juros compostos são juros calculados sobre o valor imediatamente anterior, e não sobre o valor inicial. Exemplo: se você investir 100 reais com rentabilidade de 10% ao ano, no ano seguinte você terá 110 reais, e no segundo ano você terá 121 reais. Isso acontece porque no segundo ano os juros foram calculados sobre 110 reais.

Usar isso a seu favor é possível e não é difícil. Você pode inspirar, por exemplo, na história do maior investidor individual brasileiro: Luiz Barsi Filho.

Filho de imigrantes espanhóis, Barsi perdeu o pai com um ano de idade. Ele morava em um cortiço no bairro do Brás, em São Paulo. Aos nove anos de idade, se tornou engraxate para ajudar a família. Hoje, bilionário e com 80 anos de idade, Barsi ainda usa o metrô de São Paulo para trabalhar. Um exemplo de como poupar e investir.

Ou seja, é possível sim começar a investir com pouco dinheiro. E aqui vão números reais para você acreditar em mim: Se você investir 300 reais por mês com uma rentabilidade de 0,7% ao mês, em 40 anos você acumulará R$ 1.176.607,12. Isso mesmo, você será milionário. Se você fizer isso por 50 anos, acumulará R$ 2.773.615,56.

E se você conseguir investir mil reais por mês? Com a mesma rentabilidade, em apenas 25 anos você será milionário. Em 40 anos, você terá 4 milhões de reais. Esse é o poder dos juros compostos.

Nesta quarta-feira (05), os olhos estão voltados para a reunião do COPOM para definição da taxa de juros. Os mercados mundo afora mostram novo otimismo após notícias de que o coronavírus estaria controlado. A produção industrial brasileira em dezembro apresentou queda acima das expectativas do mercado, movida principalmente pela queda na indústria extrativa em decorrência do desastre de Brumadinho. Outros setores também caíram.

*Fernando Henrique Magalhães é consultor financeiro, Especialista em Investimentos Anbima, investidor, empresário e formando em Direito. Instagram: @Fernandaohm. Email: [email protected]

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email