Júnior Ribeiro é a voz da comunidade

Vereador eleito com 4.759 votos, Júnior Ribeiro está filiado ao PTN (Partido Trabalhista Nacional), maior bancada na CMM (Câmara Municipal de Manaus) com cinco vereadores eleitos em 2012. O parlamentar foi Líder Comunitário do bairro Mauzinho na zona Leste de Manaus, como Presidente da Liga Desportiva ele fundou a Voz Comunitária dando início também a criação do RH Comunitário fomentando a valorização da mão de obra local junto às empresas do Polo Industrial de Manaus.
Júnior Ribeiro prioriza em seu mandato a defesa dos direitos fundamentais das pessoas da comunidade do bairro do Mauazinho e do povo manauara, além da expansão do ensino profissionalizante para a juventude, projetos de moradia habitacional popular, defesa das associações comunitárias e da micro e pequena empresa, da criação de políticas públicas para o idoso, pessoas com pouca e média mobilidade e urbanização dos bairros mais carentes da cidade de Manaus. Na Câmara, ele já é membro da Comagri (Comissão de Agricultura e Política Rural).
Geraldo Ribeiro da Silva Júnior é casado com a pedagoga Rosana Oliveira Ribeiro, pai de Vanessa Sofia, ele é natural de Fortaleza Ceará, quarto filho do senhor Geraldo Ribeiro e de Sofia Ribeiro. Acadêmico do Curso de Direito, o parlamentar prioriza em seu mandato a defesa dos direitos fundamentais das pessoas da comunidade do bairro do Mauazinho e do povo manauara, além da expansão do ensino profissionalizante para a juventude, projetos de moradia habitacional popular, defesa das associações comunitárias e da micro e pequena empresa, da criação de políticas públicas para o idoso, pessoas com pouca e média mobilidade e urbanização dos bairros mais carentes da cidade de Manaus.
Em entrevista ao Jornal do Commercio, o vereador Júnior Ribeiro confirma sua determinação em recuperar o bairro do Mauazinho, lugar que escolheu para viver, constituir família e desenvolver seu trabalho em prol da comunidade, saiba mais a seguir.

Jornal do Commercio – Próximo de completar o primeiro semestre do mandado de vereador, as promessas de campanha já estão sendo realizadas?
Júnior Ribeiro – Sim, temos trabalhado diuturnamente, como se estivesse sempre em campanha, para assim poder ajudar o bairro que me elegeu, o Mauazinho, que tem um histórico de problemas que pareciam crônicos e que já estão sendo saneados. Considerado como área vermelha por todos os órgãos públicos, explorado em programas de televisão de cunho sensacionalista, o Mauazinho hoje passou para o status de área azul, graças a Deus, e as ações do poder público que voltou o olhar para o bairro através da bancada do PTN na Câmara, também com o apoio da imprensa no sentido de divulgar o que de fato acontece naquele bairro, e que há coisas boas acontecendo por lá também.

JC – O bairro do Mauazinho é geograficamente isolado e com um único acesso pela Ceasa, como solucionar está questão de trafegabilidade e chamar a atenção para o bairro que está localizado às margens do Encontro das Águas um dos principais pontos turísticos de Manaus?
JR – A vista do Mauazinho é muito bonita, fica de frente para o Encontro das Águas que é um dos cartões postais da cidade, inclusive nós fizemos uma indicação de projeto para revitalização da prainha que no verão fica tão bonita quanto a Praia de Ponta Negra. Só que ainda está abandonada, mas nós vamos realizar um Festival de Verão que será um canal de integração com a comunidade através de atividades culturais e esportivas de lazer para atrair o poder público, no caso, a prefeitura, para recuperar aquela área que tem vocação para ser uma das economias mais fortes da cidade com foco na pesca.

JC – Com tantas honrarias que compõem boa parte do calendário da Câmara, o que motivou o vereador a indicar o presidente do JC a ser homenageado na Casa Legislativa?
JR – Nós que habitamos bairros mais carentes não temos o mesmo acesso aos jornais que custam mais de cinquenta centavos, e agora no gabinete da Câmara tenho acesso aos jornais, e passei a ler com maior frequência. E por questão de mérito, o Jornal do Commercio trás informações muito importantes da nossa cidade, do Polo Industrial e principalmente no que se refere à economia, com maior conteúdo informativo, que serve inclusive como fonte de pesquisa. Também, é um jornal que está entre os 12 mais antigos do Brasil, num momento propício pela proximidade de completar 110 anos, por isso a homenagem.

JC – Qual o principal desafio para o próximo semestre?
JR – Sem dúvida é tratar da mobilidade urbana, da sinalização da cidade que o pouco que se vê mais serve para confundir do que ajudar os motoristas e os transeuntes. Tenho um projeto para que a sinalização da cidade seja feita em dois idiomas, português e inglês, também vamos acompanhar bem de perto o andamento da recuperação das vias públicas de toda a cidade que agora com o fim das chuvas, o verão chegando vamos cobrar uma solução duradoura para as ruas de Manaus, como prometeu o prefeito Arthur Neto, e assim deixarmos uma boa impressão da cidade durante e depois da Copa do Mundo de 2014.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email