Jost Brasil intensifica vendas para África do Sul

A Jost Brasil está apostando fortemente nas exportações de blocos de quinta-roda para o mercado sul-africano. Depois de ter negociado mais de 3.000 unidades em 2006, a empresa continua exportando para a Jost South Africa, com previsão de vendas para 2007 na ordem de US$ 2,4 milhões.

A Jost Brasil tem previsão para que este negócio continue ainda durante o ano de 2008. A expectativa, segundo o gerente-geral da Jost Brasil, Erino Tonon, é fechar o ano de 2007 com mais de 17 mil blocos vendidos para outras unidades da Jost no mundo.

Integrante das Empresas Randon, a Jost Brasil registrou exportações totais de US$ 3,1 milhões em 2006, contra US$ 1,7 milhão em 2005.

Crescimento expressivo

A previsão é de manter o crescimento expressivo nos negócios externos. Somente no primeiro semestre de 2007, a Jost alcançou US$ 3,0 milhões em vendas para o exterior contra US$ 1,4 milhão em igual período de 2006. A previsão para este ano é de superar os US$ 5,0 milhões.

Transações intercompanhia

A pauta de exportações da Jost é constituída fundamentalmente por quinta-roda, aparelho de levantamento, engate de contêiner, pino-rei e suspensor pneumático, e alcançam mercados como Argentina (21%), Chile (10,5%) e Uruguai (3,7%), além das transações intercompany com a Jost-Werke (15%) e Jost South Africa (44,3%).

A Jost Brasil está entre as 100 Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil de acordo com o Instituto Great Place to Work. Produz quinta-roda, pino-rei, aparelho de levantamento, suspensor pneumático, engate de contêiner, engate automático e kit de veículo trator em suas instalações em Caxias do Sul, com a mesma qualidade da Jost-Werke GmbH.

Liderança no mercado

A companhia também abastece o mercado com a rala e o hubodômetro. A Jost Brasil está presente em 12 países, atendendo aos clientes de todos os continentes, o que consagrou sua liderança no mercado de componentes para veículos articulados.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email