14 de agosto de 2022
Prancheta 2@3x (1)

José Serra não descarta candidatura à Presidência

Ex-governador de São Paulo garante que não há guerra interna no PSDB quanto às eleições

O ex-governador de São Paulo, José Serra (PSDB), não descarta a possibilidade de ser candidato a presidente da República em 2014. Ontem, ele se irritou com o questionamento de um militante do partido sobre a indecisão do PSDB quanto à candidatura presidencial. “O partido vai definir o candidato interno. Se for o Aécio Neves, será ele”, afirmou.
Serra participava de um evento na Câmara Municipal de Piracicaba, onde concedeu palestra sobre desenvolvimento econômico e recebeu o título de cidadão piracicabano.
Ao abrir um trecho da palestra para perguntas, um homem que se identificou como Ricardo Caiubi, conhecido militante tucano na cidade, reclamou da “situação de insegurança” vivida no partido diante da ausência de nome definido para o Planalto.
O integrante do partido afirmou que as ações de Serra, que disputa internamente a vaga com o senador e presidente nacional tucano, Aécio Neves (MG), estão sendo “danosas” à legenda, e que o ex-governador deveria ser ministro da Fazenda em uma gestão do mineiro.
Serra interrompeu a fala de Caiubi e disse que não havia sentido em transformar a cerimônia em discussão partidária. “Essa palestra é sobre o Brasil, e não eleições. É uma brutal desinformação da sua parte.”
Em entrevista, o ex-governador disse que a população “ainda não está ligada” nas eleições do ano que vem, minimizando o fato de o partido ainda não ter lançado nome ao Planalto. “A população não está ligada ainda. Não existe guerra interna no PSDB”.

Aécio Neves

Enquanto isso, o pré-candidato à Presidência da República Aécio Neves (PSDB) recebia em Brasília a sinalização de apoio do recém-criado Solidariedade e da Força Sindical.
O tucano aproveitou ainda o evento para dar uma estocada em seu principal concorrente no campo das oposições, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), também pré-candidato ao Palácio do Planalto e que corre por fora pelo apoio do Solidariedade. “Quem tem condições de enfrentar e vencer o que está aí somos nós, ninguém mais”.
No evento, realizado no “Bar do Alemão”, restaurante que tem como uns dos sócios o deputado federal Eduardo Gomes (SDD-TO) –que bancou a conta –e o ex-deputado Celso Russomanno (PRB-SP), Aécio prometeu atender a várias das reivindicações da área trabalhista.
Entre outros pontos, ele disse ser justo os aposentados terem um índice de reajuste do benefício maior do que têm hoje, prometeu “reconstruir o parque industrial” brasileiro, “reestatizar” a Petrobras, que segundo ele estaria tomada pelo aparelhamento do PT, além de visitar fábricas de trabalhadores e sindicatos patronais.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email