José Ricardo defende quebra de contrato com Águas do Amazonas

Segundo ele, a água não é fornecida 24 horas por dia em muitos bairros da cidade e em alguns locais ficam sem o serviço. Para que se justifique o aumento na tarifa, de 29,04% concedido em janeiro deste ano, o parlamentar entrou com representação no MPE, com o deputado federal Francisco Praciano. Ele defende a quebra do contrato com a concessionária, principalmente se não se cumprir com acordos da repactuação feita com a Prefeitura, e divulga alerta feito pelo Sindicato dos Urbanitários, de que haverá problemas nos sistemas isolados da Zona Norte com a chegada das tubulações da nova adutora. Revelou que as justificativas dadas foram aumento do custo da energia e recolhimento do PIS/Cofins (anos anteriores). Sua preocupação é que haja novo pedido de reajuste.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email