Jorge Mario Bergoglio é eleito o primeiro papa latino americano da história

Pedindo união entre todas as igrejas, além da fraternidade, hospitalidade e amor, nesse novo caminho iniciado, ontem, o argentino Jorge Mario Bergoglio foi escolhido o primeiro papa da América Latina. Ele escolheu e será chamado de Francisco 1°. O conclave formado por 115 cardeais em menos de dois dias e após cinco votações fez a escolha que para muitos foi surpresa. Quando a fumaça branca surgiu, indicando o consenso, na Praça de São Pedro, no Vaticano,uma multidão de cerca de 50 mil pessoas, vibrou. Francisco 1° é o papa de número 266 a comandar os católicos. O nome do novo papa foi revelado após o famoso “Anuntio vobis gaudium, habemus Papam”, feito pelo cardeal francês Jean-Louis Tauran. Jorge Mario Bergoglio, nasceu em 17 de dezembro de 1936, se tornou arcebispo de Buenos Aires em 1998 e foi nomeado cardeal em 2001, por João Paulo 2º. Em seu primeiro discurso, Francisco 1° fez uma referência ao seu País, localizado tão distante da Europa, fazendo uma brincadeira que descontraiu o clima entre os cardeais e arrancou sorrisos de todos. “Nos reunimos para escolher o novo papa. Me parece que meus irmãos cardeais foram buscá-lo quase no fim do mundo. Mas, aqui estamos”, disse. O jesuíta e ex-cardeal de Bueno Aires de 76 anos ainda fez uma oração pelo antecessor Bento 16 e rezou, acompanhado pela multidão, um Pai Nosso e uma Ave Maria. Que seja bem vindo o sumo pontífice e que as questões que recentemente abalaram a Igreja Católica sejam esclarecidas para que Francisco 1° tenha um papado tranqüilo.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email