João Lúcio recebe reforma

O Hospital e Pronto Socorro João Lúcio, o maior da zona leste de Manaus, passa por uma grande reforma, após 12 anos sem uma revitalização. O Governo do Estado está investindo R$ 15,4 milhões na obra, que iniciou em maio de 2020. Os recursos são provenientes do Banco Interamericano de Desenvolvimento. 

O governador Wilson Lima já inaugurou parte das intervenções: uma ala com capacidade para 23 leitos cirúrgicos. A reforma das salas de raio-X e tomografia também foi concluída pela Secretaria de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra). 

“Nós montamos uma estratégia para interferir o mínimo possível na rotina desses pacientes, e agora o pessoal começa a trabalhar na outra ala. Além dessa reforma interna, estamos trabalhando na reforma elétrica, e isso é importante para evitar desperdício de energia elétrica e a perda de equipamentos, como tem acontecido há muito tempo”, afirmou Wilson Lima.

Dentre as melhorias realizadas na ala estão: troca de alarme de incêndio, reconstrução dos banheiros com acessibilidade, instalação de iluminação LED, nova distribuição elétrica com equipamentos de ponta, adequação do sistema de oxigênio, instalação de bate-macas nas paredes e iluminação individual por leito.

Referência

A unidade também está passando por uma reestruturação do atendimento ao usuário do Sistema Único de Saúde (SUS). O processo envolve treinamentos, fortalecimento da humanização e mudanças nos fluxos, transformando o HPS João Lúcio de dentro para fora.

De acordo com o ex-diretor do hospital e atual secretário executivo de Controle Interno da Saúde, Silvio Romano, tudo isso permitirá uma mudança institucional na unidade, com a melhoria dos serviços.

“A proposta é que nós entreguemos um hospital novo não só em infraestrutura, mas na questão inclusive da prestação de serviços à nossa população, por isso é que  iremos continuar e talvez criar mais outros projetos, ouvindo os usuários, cuidando de melhorar a assistência na ponta, para que ao final nós tenhamos uma mudança institucional, não só uma mudança de infraestrutura”, disse.

A unidade tem média de 10 mil atendimentos e 350 cirurgias por mês. Além dos procedimentos cirúrgicos, o João Lúcio realiza, em média, cerca de 5 mil exames de raio-X e 3.300 tomografias computadorizadas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email