Jefferson elogia o STF e critica o procurador-geral

O ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ), autor das denúncias do mensalão, disse em seu blog, que o procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, quer silenciá-lo.
“(O procurador) denunciou ministros e a cúpula do PT, mas incluiu meu nome, obrigando-me ao silêncio – a testemunha tem o dever de falar; o réu, o de calar. Caso contrário, eu seria uma voz forte demais a gritar contra esse governo podre do PT”, disse.
Ele elogiou a postura dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), que aceitaram a denúncia contra os 40 envolvidos no esquema de pagamento de propina a parlamentares. “Ao acatar a denúncia contra ministros do governo e a cúpula do PT, o STF agiu democraticamente, demonstrando que não há ninguém acima da lei e da Constituição, que o Brasil não é a Venezuela”, afirmou o ex-deputado Roberto Jefferson.
Ele ressaltou que o esquema do mensalão existiu, e não mostra arrependimento por ter feito a denúncia.
“Eu poderia ter ficado calado, já que nunca comandei esquema de corrupção algum, como quiseram fazer crer; antes, fiz um sacrifício pessoal em nome da verdade ao denunciar o mensalão, mesmo sabendo que poderia responder como réu. Mas valeu a pena”, afirmou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email