Itaú reduz tarifas de financiamento

Comprometido com o crescimento do setor imobiliário e com o objetivo de incentivar a adoção da construção sustentável, o Banco Itaú reforça o seu portfólio de produtos socioambientais e já disponibiliza ao mercado uma nova linha de financiamento voltada para empresas do setor. Trata-se do produto Construção Socioambiental, que concede desconto de 25% nas tarifas associadas ao financiamento da obra de incorporadoras e construtoras que tiverem empreendimentos em linha com padrões de sustentabilidade.
 Para serem contempladas com o desconto, ao solicitarem a análise de crédito para o financiamento, as empresas respondem, para cada empreendimento, um questionário voltado à preservação do meio ambiente e às ações sociais que desenvolvem. As questões avaliam a atuação das empresas desde a captação da água da chuva, tratamento de resíduos da obra, uso de madeira certificada a realização de programas educacionais no canteiro de obras.
 “O objetivo é oferecer ao mercado mais um produto competitivo e incentivar a adoção de práticas que estejam diretamente ligadas à proteção do meio-ambiente e que consequentemente contribuam para o desenvolvimento social e ambiental das comunidades” afirmou o diretor de Crédito Imobiliário do Itaú, Luiz Antonio França.

Banco apresenta política de crédito

Ao longo de sua história, o Itaú procura combinar consistente performance financeira com atitudes que privilegiam a ética, a transparência no relacionamento com clientes, colaboradores, acionistas e comunidade e a competência gerencial, colocando-se a serviço da sociedade na busca conjunta de soluções para os problemas sociais e ambientais.
 Recentemente apresentou ao mercado a sua política de crédito socioambiental que visa reconhecer empresas com me­lhor gestão desses crité­rios. A política é um desdobramento dos Princípios do Equador e avalia os riscos socioambientais para todo financiamento de projeto a partir de R$ 5 milhões.
 Entre as diversas ações adotadas e desenvolvidas para fortalecer a agenda em relação às questões acerca da sustentabilidade, vale lembrar que o Itaú foi a primeira empresa brasileira a se associar à AccountAbility, organização internacional criada em 1995 com o objetivo de promover inovações e a disseminação de práticas socialmente responsáveis.
 Outras iniciativas merecem destaque. Com o objetivo de sensibilizar públicos estratégicos em torno de temas da sustentabilidade, o Itaú trouxe, em 2007, o ex-vice-presidente norte-americano Al Gore ao Brasil, para uma apresentação que teve como propósito estimular o debate sobre aquecimento global.
O banco promoveu ainda junto com Itaú BBA o evento Diálogos Itaú de Sustentabilidade, com o tema R20;Mudanças Climáticas: o papel das empresas. Foi também um dos apoiadores do Live Earth, evento que promoveu a conscientização mundial em relação às questões ambientais e promoveu um debate internacional sobre microfinanças com o objetivo de ampliar e aprofundar o conhecimento sobre o mercado de microcrédito e identificar possibilidades de criar um ambiente favorável para o desenvolvimento de organizações que atuam nesse segmento.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email