Instituições discutem inovações tecnológicas para tambaqui

Manaus vai sediar amanhã e quarta, 16 e 17, o Workshop Produção de Tambaqui, com o objetivo de apresentar as inovações tecnológicas desenvolvidas pelas pesquisas do projeto Aquabrasil e discutir estratégias para a produção sustentável dessa espécie nativa da Amazônia.
O evento é promovido pelo projeto “Bases Tecnológicas para o desenvolvimento sustentável da aquicultura no Brasil – Aquabrasil”, que desenvolve em nível nacional pesquisas nas áreas de melhoramento genético, nutrição, sanidade, boas práticas de manejo e processamento, com enfoque em espécies de importância econômica para a aquicultura no Brasil, dentre as quais a escolhida para a Região Norte é o tambaqui.
O tambaqui é o peixe mais cultivado na região e apresenta bom desempenho para criação intensiva, porém há o entendimento de que faltam informações e tecnologias para alcançar melhores níveis de sustentabilidade econômica, social e ambiental para a piscicultura dessa espécie.
O workshop realizado em Manaus tem a coordenação geral da pesquisadora Emiko Resende, da Embrapa Pantanal (Corumbá-MS); a coordenação científica e organização do evento serão conduzidas pelos pesquisadores da Embrapa Amazônia Ocidental (Manaus-AM), Cheila Boijink e Luís Inoue, e os pesquisadores da Embrapa Amazônia Oriental (Belém-PA), Roselany Corrêa e Heitor Martins Junior. O evento é uma realização da Embrapa, Sepror e Universidade Federal do Mato Grosso-UFMT. Conta ainda com a parceria do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia-Inpa, Universidade Estadual de Maringá, Universidade Federal de Alagoas, Universidade Federal de Santa Catarina e Centro Universitário Nilton Lins.
Na manhã do dia 16, no workshop, será feita a apresentação do projeto Aquabrasil e serão abordados assuntos como as perspectivas e ações do MPA (Ministério da Pesca e Aquicultura) na ciência e tecnologia aquícola brasileira; sistemas de cultivo e demandas na produção de tambaqui; linhas de financiamento para pesca e aquicultura. Entre os temas abordados, está o Programa de Melhoramento Genético do Tambaqui e a proposta de construção do Centro de Melhoramento Genético de Tambaqui na Embrapa Amazônia Ocidental e os resultados esperados.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email