INSS bloqueia quase 11 mil benefícios em junho

Quase 11 mil benefícios foram devolvidos ao INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) e os pagamentos suspensos em julho. Isso porque os beneficiários não sacaram os recursos no prazo de 60 dias. O bloqueio dos benefícios pagos pelo instituto é feito após esse prazo para evitar fraudes, como saques sem autorização do beneficiário. Depois de 60 dias, o banco devolve o valor ao INSS, que bloqueia o pagamento até que o segurado procure uma APS (Agência da Previdência Social).
Por conta disso, é melhor que aposentados, pensionistas e demais beneficiários fiquem atentos. Em julho, ainda, 40.450 benefícios foram bloqueados por óbito de segurados, sendo 26.837 de segurados da área urbana e outros 13.613 na área rural.
Em julho, o cartão foi opção de quase 15,225 milhões de beneficiários, sendo quase 10,19 milhões na área urbana e pouco mais de 5 milhões na área rural.
Quem opta pelo cartão, não paga tarifa e ainda há duas opções de recebimento: depósito em conta corrente e o PAB (Pagamento Alternativo de Benefício), por meio de ordem de pagamento.
Embora facilite a vida do segurado, o cartão magnético requer muitos cuidados. Em terminais de atendimento, por exemplo, não peça ajuda a terceiros. Em caso de dúvidas, procure um funcionário do banco.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email