12 de maio de 2021

Inovação em comercialização do Sistema CNA à disposição do Amazonas

O produtor rural amazonense que quiser vender a sua produção, seja pequena, média ou grande, precisa conhecer e fazer sua inscrição (gratuita) nessa ótima e inovadora Plataforma de Comercialização criada pelo Sistema CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil). Ainda não tinha visto nada igual no mercado, pois elaune o produtor (que quer vender), transportador (do pequeno ao grande) e o consumidor. Essa plataforma tem a capacidade de identificar a proximidade entre essas três pontas(produtor, transportador e consumidor). Como já disse acima, é “0800”, é sem custo, é gratuito. Abaixo, maiores detalhes fornecidos pela área de inovação da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA)

Detalhes da Plataforma

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) lançou, no mês de abril passado, com apoio do Ministério da Agricultura, uma plataforma nacional de comércio eletrônico que vai reunir produtores rurais, aplicativos, redes de supermercados e prestadores de serviço de frete para facilitar a comercialização de produtos do campo. No portal mercado.cnabrasil.org.br, o produtor poderá cadastrar a sua região e os produtos que têm à disposição, e o interessado em comprar informará sua demanda e abrangência. As entregas poderão ser feitas por empresas de logística com atuação nacional ou regional, que estiverem cadastradas na Plataforma.

“O objetivo da ferramenta é diminuir a distância de quem produz e quem consome, além de facilitar a comercialização não apenas nesse momento em que os canais de distribuição convencionais estão prejudicados pela pandemia do coronavírus”, afirmou o coordenador de Inovação do Sistema CNA/Senar, Matheus Ferreira. Os compradores poderão se cadastrar na plataforma da CNA e indicar a sua necessidade por produtos, quantidades e regiões de abrangência e, a partir daí, localizar os produtores que estão mais próximos, destaca Ferreira. “Com isso, esperamos viabilizar o comércio eletrônico também nos pequenos e médios municípios do País.”

O Sistema CNA/SENAR também vai disponibilizar ao produtor rural um guia com orientações sobre como comercializar seu produto pela internet. A publicação trará, além de informações sobre embalagem, volume e peso, dicas de como tornar o produto mais atrativo para o consumidor. “Essas são algumas das ações que a CNA tem desenvolvido para auxiliar o produtor rural. Já temos a parceria do Ministério da Agricultura, e estamos conversando com outras instituições e empresas interessadas em participar da iniciativa. Em breve teremos atualizações na plataforma com a inclusão de novas funcionalidades.”

*Thomaz Antônio Perez da Silva Meirelles, servidor público federal aposentado, administrador, especialização na gestão da informação ao agronegócio. E-mail: [email protected]

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email