Inflação oficial acelera para 0,24% no mês de setembro, aponta IBGE

O o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), informou que a inflação oficial usada pelo governo, o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), acelerou para 0,24% em setembro. Em agosto, o índice havia registrado alta de 0,15%.
No mês de setembro de 2008, a inflação havia sido de 0,26%. Nos últimos 12 meses, o IPCA acumula alta de 4,34%. De janeiro a setembro, a inflação foi de 3,21%, ante 4,76% em igual período no ano passado.
Os produtos não-alimentícios tiveram aceleração e registraram inflação de 0,35%, ante 0,20% em agosto.
As principais influências sobre o indicador no mês passado foram os itens gás de botijão (3,40%) e gastos com empregados domésticos (1,15%). Cada item desse exerceu contribuição de 0,04 ponto percentual no índice geral.
Os alimentos desaceleraram ainda mais e apontaram deflação de 0,14%, contra ligeira variação negativa de 0,01% em agosto.
A principal contribuição negativa entre os alimentos veio do leite pasteurizado, que teve queda de 8,76% (contribuição de -0,11 ponto percentual).
O IBGE observou ainda deflação nos preços de: cenoura (-8,77%), feijão carioca (-6,17%) e ovos (-2,87%).
O INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), calculado entre as famílias com renda mensal até seis salários mínimos, ficou em 0,16% no mês de setembro, ante 0,08% observados no mês anterior.
Nos 12 meses encerrados em setembro, o indicador acumula elevação de 4,45%, acima dos 4,44% relativos aos 12 meses imediatamente anteriores. No acumulado do ano, o INPC tem alta de 3,23%, contra 5,25% observados de janeiro a setembro de 2008.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email