Indústria de sorvetes amplia estrutura física para aumentar produção em cerca de 20%

A Toya Indústria e Comércio está ampliando sua estrutura física em 50% com o intuito de elevar a produção em aproximadamente 20% até o fim do ano. O negócio que emprega, atualmente, 48 funcionários diretos deve ter a mão-de-obra incrementada em 30% com a finalização das obras, prevista para o próximo mês de outubro.
Com a expansão da fábrica e da sorveteria, o sócio-proprietário da empresa, Leovaldo Pereira da Silva, projeta um aumento anual de 25% no número de consumidores. O empresário ainda explicou que a ampliação foi impulsionada pelo crescimento na comercialização do produto, influenciando no aumento de cerca de 20% na produção dos primeiros seis meses do ano, em relação ao primeiro semestre de 2006, fazendo com que fossem adquiridas novas máquinas e realizadas novas contratações no quadro profissional.
Atualmente, a indústria produz 7.000 litros do produto por dia, entre sorvetes e picolés, comercializados no varejo e atacado. O objetivo é aumentar a fabricação para cerca de 8.500 litros, meta que deve ser alcançada até o mês de dezembro, de acordo com Pereira da Silva. ‘Estamos trabalhando e investindo nisso para que o negócio cresça em no mínimo 20% por ano’, afirmou.
A marca que já conta com sabores tradicionais com enfoque nas frutas regionais (tucumã, açaí, cupuaçu, etc.) também vai lançar novidades em embalagens em novas embalagens.
A Toya indústria e Comércio, tem sede em Manaus e distribui produtos para 50 municípios do Amazonas e ainda abastece o mercado de Boa Vista, em Roraima.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email