Indústria de confecção faz acordo com banco

A BDS (Bicho da Seda) é a primeira empresa de confecções de roupas profissionais do Brasil a vender produtos confeccionados com tecidos técnicos através do cartão BNDES. Esta parceria vem beneficiar as micro, pequenas e médias empresas elétricas brasileiras, que precisam adquirir produtos de acordo com as normas de segurança de vestimentas do Ministério do Trabalho, os considerados EPI (Equipamentos de Proteção Individual).
Por meio do cartão BNDES, empresas elétricas em geral, que desenvolvem atividades de risco de fogo, e empresas do ramo petroquímico e metalúrgico, bem como as suas terceiras, ou seja, empresas menores que prestam serviços para as grandes empresas elétricas, terão a oportunidade de financiar a compra de roupas profissionais produzidas pela BDS.

Os produtos desenvolvidos pelo pela BDS atendem as exigências da NR10 –Norma Regulamentadora nº. 10, do Ministério do Trabalho e Emprego – que garante a segurança e a saúde dos trabalhadores que desenvolvem atividades em instalações elétricas e serviços com eletricidade. Ao todo foram cinco produtos ativados e que já se encontram disponíveis para a venda através do Portal de Operações do BNDES: cinco modelos de camisas e calças, em três tecidos técnicos distintos, em todos os tamanhos, com e sem fitas refletivas, para atender os mercados industriais e de serviços.
O diretor da Bicho da Seda, Luiz Augusto Rocha, disse que todas as empresas, especialmente as industriais, precisam atender a NR 10, pois este é um requisito legal importante. As empresas maiores como Eletropaulo, Eletronorte e outras do mesmo nível, normalmente já compram no mercado as roupas técnicas de proteção e segurança dos seus funcionários, os EPI.
“Ao contrário disto, os terceiros, por terem menores demandas e menos acesso ao crédito, e recursos financeiros mais escassos, têm dificuldades maiores em adquirir estes produtos”, disse o empresário do ramo de confecções.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email