10 de abril de 2021

Índice de referência desacelera em abril

Variação do IGPM foi de 0,77% contra 0,94%apresentados no mês anterior, segundo a FGV

A inflação medida pelo IGP-M (Índice Geral de Preços Mercado), usado como referência na maioria dos contratos de aluguel, apresentou alta de 3,56% no acumulado do primeiro quadrimestre, patamar superior ao registrado nos últimos 12 meses (2,88%).
Em abril, a variação foi de 0,77%, com desaceleração ante o mês anterior (0,94%), de acordo com os dados divulgados ontem pela FGV (Fundação Getulio Vargas). Os preços foram coletados entre os dias 21 de março e 20 de abril.
Neste mês, o IPA (Índice de Preços ao Produtor Amplo) apresentou variação de 0,72%, ante 1,07% anteriormente. A taxa relativa aos bens finais variou 0,82%, desacelerando frente a março (1,19%) devido à influência do subgrupo alimentos in natura. Já os preços dos bens intermediários subiram 0,78%, ante 0,81% em março.
No estágio inicial da produção, o índice de matérias-primas brutas variou 0,47%, menos do que anteriormente (1,33%), graças ao desempenho de itens como laranja, mandioca e aves.

Transporte e alimentação

O IPC (Índice de Preços ao Consumidor) apresentou variação de 0,73% em abril, próxima ao resultado de março (0,83%), com cinco das sete classes de despesa componentes do índice registrando redução nas taxas.
O destaque foi o grupo transportes, cuja variação passou de 0,41%, em março, para -0,38%, em abril. Também apresentaram desaceleração os grupos alimentação (de 2,24% para 2,06%), despesas diversas (de 0,17% para 0,10%), habitação (de 0,29% para 0,23%) e educação, leitura e recreação (de 0,20% para 0,19%).
Com o menor peso (10%) entre os três componentes do IGP-M, o INCC (Índice Nacional de Custo da Construção) registrou, em abril, alta de 1,17%, bem acima da contabilizada em março (0,45%).

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email