Índice de confiança registra recuperação em agosto

O ICC (Índice de Confiança do Consumidor) da FGV (Fundação Getulio Vargas) apresentou alta de 6,2% no mês de agosto, ao passar de 101,9 para 108,2 pontos. Com o resultado, o índice recuperou parte das perdas ocorridas nos últimos meses (em julho, o índice ficou em 101,9 pontos.
Os dados constam da pesquisa Sondagem de Expectativas do Consumidor, divulgada na segunda-feira.

IC apresenta recuo de 1%

Na comparação com o mesmo período do ano anterior, o ICC apresentou recuo de 1%, mas avançou em relação à desaceleração ocorrida no mês de julho, que foi de 5,8% na mesma comparação. O resultado apresentado na segunda-feira interrompeu uma seqüência de quatro meses de deterioração.
Tanto as avaliações sobre a situação atual quanto as expectativas em relação aos próximos meses tornaram-se mais favoráveis.
O ISA (Índice da Situação Atual) neste mês (agosto) subiu para 110,6 pontos (contra 101,2 no mês de julho) e o IE (Índice de Expectativas) ficou em 107 pontos (contra 102,3 um mês antes).
“Nos últimos meses, o ICC tem sido influenciado pela maior volatilidade das avaliações pontuais e pelas previsões feitas pelo consumidor em relação à situação da economia na cidade em que reside”, segundo a FGV.

Situação avaliada

Entre julho e agosto, a parcela dos que avaliam a situação econômica local como boa cresceu de 12% para 13,8% do total. Já a parcela dos que a avaliam como ruim teve diminuição de 51% para 40,6%.
A parcela dos que esperam uma melhora nas expectativas com relação aos próximos seis meses aumentou de 21,6% para 26,6%. Já a dos que esperam piora diminuiu, de 21% para 13,8%. Em agosto do ano passado, as mesmas parcelas estavam em 26,6% e 9,3%.
A Sondagem de Expectativas do Consumidor é feita com base em uma amostra de mais de 2.000 domicílios em sete das principais capitais brasileiras. A coleta de dados para a edição de agosto foi realizada entre os dias 1º e 20 deste mês.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email