25 de junho de 2022

Incra libera recursos para 153 casas no interior do Amazonas

Câmara Municipal, reuniu representantes da reserva para a abertura das propostas da tomada de preços para a construção das casas.

A Superintendência Regional do Incra no Amazonas liberou R$ 2,29 milhões para a construção de 153 casas destinadas aos beneficiários da reforma agrária reconhecidos pela autarquia na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Uatumã, nos municípios de Itapiranga e São Sebastião do Uatumã.
Na última semana, uma equipe do Incra foi até a cidade de Itapiranga e, no plenário Victor Rolo, na Câmara Municipal, reuniu representantes da reserva para a abertura das propostas da tomada de preços para a construção das casas.
A empresa escolhida foi a SD Arquitetura e Urbanismo Ltda., com sede em Manaus, que participou de forma isolada do certame, atendendo a todas as normas estabelecidas no Edital.
Agora, a associação dos beneficiários discutirá com a empresa escolhida alguns aspectos relacionados a construção das casas, que tem planta básica fornecida pelo Incra. A planta pode sofrer pequenas alterações, de acordo com o interesse dos beneficiários, desde que sejam mantidas condições básicas como: o valor unitário de R$ 15 mil; tamanho mínimo de 46 metros quadrados; fossas biodigestoras (por se tratar de áreas de várzea); madeira certificada proveniente de áreas de manejo, com o DOF (Documento de Origem Florestal); telas nas janelas para prevenir malária; e o kit pró-chuva, para o aproveitamento das águas pluviais.
Cento e cinqüenta e três famílias moradoras da RDS Uatumã foram reconhecidos pelo Incra como assentados da reforma agrária em agosto de 2008. A reserva, com área de 424.430,7500 hectares, tem capacidade para abrigar 550 famílias. Os beneficiários já receberam do Incra, em 2009, o Crédito Instalação, com valor inicial de R$ 3,2 mil para suprir as necessidades primeiras de alimentação e fomento e agora recebem o Crédito Habitação.
Após a liberação da Ordem de Serviço pelo Incra e a assinatura de contrato para a execução das obras, a empresa terá o prazo de oito meses para a conclusão dos trabalhos.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email