Inauguração no dia 7 de agosto

Dia 7 de agosto é a data agendada para a inauguração do SPN (Shopping Ponta Negra). Em contagem regressiva, empresários, lojistas e colaboradores se preparam para o momento mais esperado, quando as portas do empreendimento forem abertas para receber o público manauara.
A data de inauguração foi confirmada pelo subsecretário de Receita da Semef (Secretaria Municipal de Finanças), Armínio Adolfo Pontes em documento protocolado na manhã de segunda-feira (29) pela administração do SPN, no órgão emissor do Alvará de Funcionamento. “Acabamos de receber uma cópia do TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), estando tudo em conformidade com as exigências do MPE (Ministério Público Estadual), o Alvará será liberado para inauguração no dia 7 de agosto”, confirmou Pontes ao Jornal do Commercio.
A administração do SPN preferiu afirmar que a inauguração do empreendimento está confirmada para o terceiro trimestre. “Nossa previsão é inaugurar com 70% das lojas em operação, incluindo as salas de cinema da Rede Cinépolis. Ainda não podemos precisar o número de salas, pois estamos no aguardo do posicionamento da operadora”. Ainda de acordo com a administração do SPN, as demais lojas irão inaugurar até o final de 2013, com exceção da Livraria Cultura cuja inauguração está prevista para os primeiros meses de 2014. “Estamos trabalhando dentro do cronograma proposto”.

TAC da passarela

De acordo com o secretário da Manaustrans, Pedro Costa Carvalho o shopping tem o prazo de nove meses para concluir a obra da passarela conforme determinou o TAC assinado pelo MPE. “Do dia 7 de agosto, quando será inaugurado o shopping, até a construção da passarela serão instalados, provisoriamente, semáforos temporizadores para travessia dos pedestres”, informou Carvalho ao JC.
A administração do SPN informou que assinou um Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público, acordando um prazo de até 9 meses para sua implantação (passarela de acordo com projeto de 2010).
Ainda questionada sobre o transporte para acessar o SPN a administração do empreendimento informou que já existem linhas disponibilizadas pela Manaustrans para chegar ao empreendimento.
SPN investimento
O mais novo centro de compras regional da cidade foi projetado para atender todas as classes sociais de Manaus. A JHSF em parceira com a FPAR, responsáveis pelo SPN (Shopping Ponta Negra), com investimento girando em torno de R$ 180 milhões, afirmam que após a inauguração, prevista para 7 de agosto de 2013 (quarta-feira) a estimativa é de que sejam gerados mais de dois mil novos postos de trabalho, entre diretos e indiretos. Cerca de 1.000 a 1.200 empregos serão gerados pelas lojas, segundo estimativa da administração do SPN.
De acordo com a diretora-superintendente do shopping, Sandra Ferraz, além do aporte econômico, com criação de mais de 2 mil empregos e, consequentemente, geração de renda, o SPN está localizado numa área nobre da cidade, um local de grande apelo turístico. “O empreendimento também contribui para o crescimento do mercado imobiliário local, tendo em vista a construção das torres residenciais e demais projetos e serviços previstos para essa área”, declarou a executiva.

Emprego e renda

A obra gerou mais de 2 mil empregos diretos e indiretos. Além disso, a JHSF está promovendo estudos para identificar programas sociais que possam ser implantados no entorno do SPN.
Segundo informou Sandra Ferraz, a seleção de pessoal está sendo prospectada com 90% dos profissionais oriundos do mercado de Manaus. De tal forma, que venha gerar emprego e renda ao povo manauara, incluindo-se as empresas de segurança, limpeza, conservação e manutenção, em regime terceirizado. “Vamos manter a cultura e o regionalismo da cidade contratando profissionais daqui. Eu sou gaucha e estou neste segmento há 12 anos”, informou Sandra.

Mix de lojas

Nessa primeira etapa, o Shopping Ponta Negra contará com aproximadamente 200 lojas de marcas nacionais e internacionais, distribuídas em três pisos, e uma ABL (área bruta locável) de cerca de 37.000 m². O SPN introduzirá no mercado de Manaus um conceito inovador de centro de compras, inspirado nos empreendimentos mais modernos e bem-sucedidos do Brasil. Seu mix de lojas contempla moda, lazer, entretenimento, gastronomia e serviços que atenderão às necessidades do dia a dia do cliente. No Mix exclusivo, Livraria Cultura, Osklen, Animale, Playland, Bobo, Morena Rosa e Richard. Contará também com os serviços diferenciados de concierge, personal shopper, lounge VIP.
O empreendimento reunirá ainda cinemas de última geração, da rede Cinépolis, inéditos na região. Serão 10 salas de cinema, sendo uma 3D e outras três Vips, restaurantes, além de proporcionar a seus clientes serviços como salão de beleza e um espaço destinado exclusivamente para crianças.
As grandes marcas selecionadas foram Bemol, Riachuelo, Renner, C&A ancoradas no novo shopping. As lojas satélites diversificaram e trazem novidades, também, com as marcas Água de Coco, Abrand, Le Lis, Yogomania, Casa da Pamonha, Harmonia Nativa, entre outras. Trata-se de um mix democrático para atender todas as classes sociais da cidade, por isso foi classificado como shopping regional.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email