Muitos “barnabés” dizem por aí que quando criam “química” em licitações para auferir dinheiro vivo para custear festas ou para comprar itens não previstos no Edital de Licitação, estão fazendo algo ilegal mas não é imoral, pois não vão colocar no bolso.  “Barnabés” é como, no meu tempo, nos anos 50/60, se chamavam popularmente os funcionários públicos. ”Química” é o ato de transformar uma licitação de compra de produtos de consumo em dinheiro vivo para o churrasco de final de ano ou algo do gênero. É ilegal? Sim. Mas, se houvesse uma verdadeira pesquisa iríamos nos surpreender e descobrir que a raça humana erra muito. Que lindo, não? Então, vamos nos aprofundar e conversar sobre fontes de dinheiro público.

Quer fonte mais atraente de dinheiro que uma obra pública? Ou um novo sistema de informações e dados? Não estou dizendo que sempre haverá pessoas de má-fé envolvidas, mas, que existem, isso existe sim. E muito. Lembram da expressão de “crime do colarinho branco”?. Pois é ! Não é só o meliante que assalta nos sinais de trânsito que são criminosos. Tem como acabar? Sim, mas é muito difícil. Muito mesmo. Dependeria de formatar a nossa Educação, a Educação de todos, pois uma nação mal-educada não terá a maioria dos filhos honestos. E não confunda Educação com Cultura, pois tem  muita gente por aí, que a mídia nos mostra, que conhece vários países, são poliglotas etc mas não valem absolutamente nada como seres humanos.

Ah, mas existe corrupção em todos os setores da vida nacional ? Mas que pergunta cretina ! Lembram da expressão “jeitinho brasileiro”? Nada mais é que uma justificativa cultural nossa para confirmar o suborno, por exemplo, ao atendente da fila, ou à autoridade para não nos punir, ou ao sujeito para não cortar nossa luz etc e etc e etc. Suborno? Bem, é errado para quem oferece e para quem aceita? Mas, como acabar? Temos casos de muitas pessoas honestas que não aceitam suborno e fazem muito bem o seu trabalho. Muitos policiais valorosos e corajosos, muitos agentes públicos municipais, estaduais e federais são corretos e nos dão orgulho de sermos patrícios. E também temos muitos empresários, pessoas comuns do povão, mães, pais, filhos, alunos etc que são honestas mesmo.

Que bom, que maravilha ! Ainda temos um futuro ! Por falar em futuro, o Brasil é muito rico e muito forte mesmo, pois apesar de tanta roubalheira safada nos últimos 521 anos, ainda somos uma potência mundial, uma economia forte e um país que incomoda o planeta todo. Mas não temos bombas atômicas! Calma. Temos bons “cozinheiros“ e “boas cozinhas”. Só falta “fazer o bolo”! Calma mesmo. O que é algo imoral? Bem, algo pode ser imoral para uns e não ser para outros. Depende. “Minha filha, faça um bom casamento”. O que quer dizer essa frase que escuto nas famílias que eu via e ouvia desde criança? Não case com pobre? Ok. E o tal do amor, não entra nos critérios? Enfim! Ah, vamos falar do nosso Brasil, hoje. Que tal um tema espinhoso? A relação do Governo Federal e a mídia televisiva? Tudo que acontece de ruim, é potencializado e posto na conta do Governo Federal. Mas, adianta brigar contra os donos das mídias televisivas? “Negociem ou articulem e fica tudo bem”. “Pagando, se mostra até a verdade”. Palavras dos grupos de WhatsApp. Isso seria ilegal ou imoral ou faz parte das “regras do jogo” de mercado ? Sei lá, vou abrir uma cerveja e pronto.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email