Idioma ainda é entrave no atendimento em Manaus

Diante de um mercado cada vez mais competitivo, o que era considerado um diferencial, passou a ser um requisito para entrar ou permanecer no mercado de trabalho, fato que passou a ser mais determinante após a escolha de Manaus como uma cidade-sede da Copa 2014, com isso, dominar um segundo ou até, um terceiro idioma, passou a estar inserido nas metas profissionais de muitos amazonenses.
Entre eles, a estudante de administração, Thais Cristina Costa, que dentro de um ano e meio termina o curso de inglês. “Assim que a Fifa (Federação Internacional de Futebol) anunciou quais cidades seriam sedes do evento eu busquei logo me especializar em outro idioma, porque acho que isso traria um diferencial para o meu currículo”, lembra a universitária, ao considerar que em qualquer área, saber uma segunda língua é necessária.
E de acordo com o vice-presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Manaus, José Ribamar do Nascimento, dominar outra língua tem sido uma preocupação também dos empresários e órgãos ligados ao comércio local. “Tanto é que muitas instituições, como Sesc (Serviço Social do Comercio) e Senac (Serviço Nacional do Comercio), passaram a oferecer cursos exclusivamente para esse setor, através de uma didática diferente”, frisou.
Além disso, muitos comerciantes têm buscado investir na qualificação dos seus funcionários como forma de se preparar o mundial. O vice-presidente acredita que hoje menos de 1% de quem trabalha no setor fala outro idioma. “A não ser que seja na área administrativa ou outro setor, mas quem atende o público, o vendedor, não tem condições de custear um curso de línguas”, disse Nascimento.
Um dos estabelecimentos que tem qualificado seus empregados é a TV Lar. Segundo a coordenadora de recursos humanos da Tv Lar, Danelly Leão, essa é uma preocupação da empresa não somente para a Copa, mas para o legado que ela deixará trazendo mais turistas para a região. “A nossa intenção é estar preparado para atender todos os tipos de clientes”, aponta.
Desde 2010, os 600 funcionários da TV Lar estão se preparando no idioma inglês e em breve a empresa busca também oferecer o espanhol. “Eles tem gostado bastante do curso e sabem que será um diferencial na carreira deles”, comenta Danelly.

Welcome to Brazil

Atualmente, o Sesc Amazonas está com inscrições abertas para o curso de Inglês “Welcome to Brazil”, visando atender às pessoas que trabalham direta ou indiretamente com turistas. “É um curso ideal para quem nunca teve contato com o idioma”, informou a coordenadora de idiomas da entidade, Ana Gouvêa.
Ela explica que o material didático é desenvolvido especialmente para brasileiros, como o objetivo de atingir as pessoas que trabalham com atendimento e que nunca tiveram contato com o idioma. “O material irá trabalhar situações do cotidiano, como dar informações, instruções e direções, atender clientes, descrever objetos e lugares, explicar um itinerário, lidar com solicitações, dentre outros”, destacou.
As inscrições seguem até o dia 4 de fevereiro, com valores diferenciados para trabalhadores do comercio. O curso tem apenas 50 vagas e a duração de dois anos, podendo o aluno escolher duas vezes por semana ou apenas aos sábados. O investimento é de R$55 para comerciario e R$ 94,50 para a comunidade em geral. Para se inscrever, o candidato deve possuir 16 anos completos e carteira do Sesc atualizada. Mais informações nos telefones: 2126-9510 e 2126-9509.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email