Apoio do governo alemão para regularização ambiental

Em videoconferência, na manhã desta segunda-feira (22/06), o diretor-presidente do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), Valdenor Pontes Cardoso, alinhou estratégias com representantes da Agência Alemã para Cooperação Internacional Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) para atender a Regularização Ambiental no estado do Amazonas. O objetivo é realizar um planejamento estratégico, por meio de uma consultoria feita pela GIZ, para que o Idam possa atuar com o Programa de Regularização Ambiental (PRA) e o Cadastro Ambiental Rural (CAR) no estado.

De acordo com a assessora técnica e coordenadora do escritório da GIZ em Manaus, Bárbara Nascimento, o objetivo da consultoria é construir junto ao Idam uma visão estratégica para a promoção dos imóveis rurais e a implementação do PRA no estado do Amazonas.  “A ideia é que, por meio de iniciativas de recuperação florestal aliadas ao fortalecimento da Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), o Idam possa atender as demandas voltadas ao PRA”, disse.

Durante a reunião, foi apresentado um Termo de Referência onde ficou estabelecido que o consultor da GIZ, Marcelo Nunes, irá atuar junto ao Idam a fim de adequar estrategicamente o Instituto para atender as demandas de Regularização Ambiental do estado.  

“Após o planejamento estratégico para atuação do Idam na Regularização Ambiental, será feito um diagnóstico da infraestrutura necessária para essa atuação e, só então, será fechado o Termo de Referência com um Plano Operacional dos procedimentos a serem executados pelo Idam”, explicou o consultor Marcelo Nunes.

Participaram da reunião por videoconferência o diretor-presidente do Idam, Valdenor Pontes Cardoso; o diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural do Idam, Luiz Herval; a diretora de Planejamento Institucional do Idam, Lucelisy Borges; o consultor da GIZ, Marcelo Nunes e a assessora técnica e coordenadora do escritório da GIZ em Manaus, Bárbara Nascimento.

Força-tarefa 

Vale destacar que, desde a semana passada, o Idam, por meio do Núcleo de Geoprocessamento, criou uma força-tarefa para a elaboração do Cadastro Ambiental Rural (CAR) dos produtores rurais do estado do Amazonas. A expectativa é que com o CAR os produtores acessem o Crédito Rural e o Idam elabore mais de mil projetos de crédito.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email