1 de março de 2021

Iana Moral lançará suas músicas em plataformas digitais

Uma mistura de rap, blues, soul e reggae. Estes são os estilos musicais que começarão a ser ouvidos a partir do dia 5 de março, uma sexta-feira, na voz de Iana Moral. Nesse dia a cantora amazonense irá lançar seu primeiro trabalho autoral, disponibilizando em seu canal no YouTube um videoclipe, um single da música ‘Já é tarde’.

“Ainda em março, no dia 26, irei colocar em todas as plataformas digitais de música, o restante do meu trabalho com a publicação do EP ‘Ímpar’, onde ‘Já é tarde’ estará incluída além de mais quatro músicas, ‘Meu corpo é meu’, ‘Forte’, ‘Iara’ e ‘Cachoeira’, todas de minha autoria em parceria com Victor Xamã e André Ethos”, revelou.

EP (Extended Play) é um trabalho intermediário entre o single e o álbum, em geral com quatro a seis faixas. Diferente da época do vinil, ou do CD, quando o cantor precisava ter ao menos dez músicas para lançar um trabalho, agora, com a facilidade de divulgação nas plataformas de música, à medida que vai produzindo, já vai tornando pública as suas composições.

Iana Moral tem 28 anos e começou sua carreira musical ainda na infância, como a maioria dos cantores, se apresentando em eventos familiares. Tomou gosto pela arte da música e não mais parou de cantar, saindo da sala de estar de sua casa para os palcos da cidade.

Há apenas três anos, a cantora deu início à sua carreira profissional, se apresentando na noite manauara em diversos eventos e fazendo participações especiais em shows de cantores amigos e mesmo de artistas que solicitavam sua presença em seus shows. Iana conseguiu marcar um estilo próprio através da voz forte, grave e afinada e mesmo pela ousadia de suas apresentações.

Descoberta no ano passado

Ainda em busca de um estilo musical próprio, Iana cantava de tudo, samba, MPB, bossa nova. Eram constantes em seu repertório interpretações de Maria Bethânia, Caetano Veloso, Zeca Pagodinho, Alcione e Martnália. Ano passado a cantora enveredou por um novo caminho, o da composição.

“Com o apoio da produtora 2088 Label, do rapper Victor Xamã e do André Ethos, iniciei a produção do ‘Ímpar’, meu primeiro trabalho, totalmente autoral”, contou.

Poetas e compositores costumam dizer que é em momentos difíceis de suas vidas que a inspiração faz surgir seus melhores trabalhos. Com Iana não foi diferente.

“O single ‘Já é tarde’ faz parte de um momento muito difícil pelo qual eu estava passando. Pandemia, isolamento social, término de um relacionamento, solidão, medo, aflição e angústia. Imagine tudo isso junto. A inspiração fez o resto, surgir a composição que fala de despedida e, ao mesmo tempo, de amor próprio”, adiantou.   

‘Já é tarde’ é um rap, mas um rap mais melódico. Tanto na composição da letra da música, quanto cantando no videoclipe, há a participação do rapper Vário$, integrante do grupo de rap manauara Quasimorto, contracenando com Iana.

O Quasimorto é formado pelos MCs Victor Xamã, João Alquímico, Luiz Caqui e Fernando Vário$, e pelo DJ Maq. Em 2019 o grupo lançou seu primeiro trabalho, ‘Oitooito’, com oito faixas e disponível nas plataformas de streaming.  

O videoclipe de ‘Já é tarde’ foi produzido pela agência de vídeos Tela Mídia, dirigido e roteirizado por Melka Franco, com produção de Paula Murta, captação de imagem de Maria Paula Santos, e direção de vídeo do cineasta Liniker Bachelor. Os trabalhos também contaram com o apoio de Natty dos Anjos, também cantora, que cedeu o local de gravação.

É a mais poética

As três faixas iniciais gravadas do EP, ‘Meu corpo é meu’, ‘Forte’ e ‘Iara’ possuem forte apelo ao movimento feminista de resistência, sendo as primeiras composições da artista.

Já as faixas ‘Já é tarde’ e ‘Cachoeira’ foram compostas num momento difícil da vida da cantora, então são músicas temáticas mais românticas, como ‘Cachoeira’, e tristes, como ‘Já é tarde’.

O estilo predominante de ‘Ímpar’ é o rap e o R&B (Rhythm and Blues), porém, as composições sofreram influências do soul e do reggae.

“Entre as cinco músicas, escolhi lançar ‘Já é tarde’ porque acho que reflete bem o momento atual de muitos artistas, sem poder fazer o que mais gostam, que é se apresentar para o público, e acho que de todas as músicas ela tem a composição mais poética, fora a participação do Vário$, que deu um brilho a mais na canção”, destacou.

Em março

O lançamento de ‘Já é tarde’ virá primeiramente com o videoclipe, no dia 5 de março, onde poderá ser conferido no YouTube. No dia 26 será a vez de Iana mostrar todas as cinco músicas no EP ‘Ímpar’, disponível em todas as plataformas de streaming.

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email