Hughes amplia número de estações satelitais no Estado do Amazonas

O projeto, intitulado “Ensino Médio Presencial com Mediação Tecnológica”, contava inicialmente com 203 antenas. Agora serão 406 pontos atendidos pela Hughes, que levarão as aulas de ensino médio a mais de 700 comunidades do Amazonas.

Empresa fornecedora de serviços corporativos para telecomunicações, a Hughes expandiu contrato com a Seduc (Secretaria de Estado da Educação e Qualidade de Ensino do Amazonas), ampliando novamente o número de estações satelitais que compõem o projeto de EAD (educação à distância) da secretaria, aumentando a quantidade de canais, nos quais as aulas são transmitidas e dobrando a capacidade de banda de internet (de 2 para 4 megas).
O projeto, intitulado “Ensino Médio Presencial com Mediação Tecnológica”, contava inicialmente com 203 antenas. Agora serão 406 pontos atendidos pela Hughes, que levarão as aulas de ensino médio a mais de 700 comunidades do Amazonas. “O desenho tecnológico deste projeto é pioneiro no mundo para a Educação Básica. Ao introduzirmos esse sistema, tínhamos a consciência de que o mundo inteiro caminhava para o uso da tecnologia na educação”, ressaltou o secretário de Estado da Educação, Gedeão Timóteo Amorim.
A aprovação e o retorno positivo da população ao projeto superaram as expectativas da Secretaria, que precisou ampliar o número de comunidades atendidas. “Quando começamos, quase 60% das comunidades não tinham energia elétrica regular e por isso, tivemos que adquirir geradores a diesel para que as aulas pudessem acontecer. Graças ao sucesso do projeto, houve a necessidade de levar as aulas para outras comunidades e isso é muito positivo”, afirmou o coordenador do Centro de Mídias de Educação do Amazonas, José Augusto de Melo Neto. Segundo o representante da Seduc, a expectativa é crescer ainda mais e ultrapassar os 20 mil alunos em 2009.
As aulas são ministradas diariamente, a partir do Centro de Mídias em Manaus para mais de 17 mil estudantes e a tecnologia permite que professores e alunos interajam como se ambos estivessem no mesmo espaço físico. “Hoje possuímos dois estúdios no Centro de Mídia. A partir de fevereiro, teremos mais um”, adiantou Neto.
Cada uma das salas de aula está equipada com um kit tecnológico composto por Antena VSAT bidirecional, roteador-receptor de satélite, cabeamento estruturado (LAN), microcomputador, webcam com microfone embutido, TV LCD 37 polegadas, impressora a laser e no break.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email