Hotelaria busca capacitação para Copa

O setor hoteleiro no Amazonas já está sendo capacitado para a Copa do Mundo de Futebol de 2014. Hoje, será realizado o SBClass (Seminário de Classificação Brasileira de Meios de Hospedagem). Segundo a presidente da Amazonastur (Empresa Estadual de Turismo), Oreni Braga, o objetivo é apresentar aos empresários o novo sistema de classificação oficial do mercado.
O evento será realizado a partir das 9h de hoje, no auditório do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) –na avenida Leonardo Malcher.
Elaborado em conjunto com a sociedade civil, a SBM (Sociedade Brasileira de Metrologia) e Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) em parceria com o Ministério do Turismo, o novo sistema visa aumentar a competitividade. “O programa traz benefícios tanto para os empresários quanto para os turistas”, afirma.
Para a diretora de receptivo da Abava (Associação Brasileira das Agências de Viagem no Amazonas) Maria da Glória Santos Reynolds, o evento vem para incentivar o negócio no Estado. “É através de encontros como esse que podemos discutir sobre o cenário atual do setor hoteleiro e apresentar maneiras de melhorar o serviço prestado”, diz.
As ações de melhoramento do segmento turístico para a Copa de 2014 devem ser adotadas por todos os meios de hospedagem. “Vamos orientar os empresários quanto aos critérios para se obter a classificação oficial do governo federal”, aponta Braga.
Além de devidamente regularizados junto ao sistema Cadastur, os hotéis devem fazer nova solicitação para integrarem a lista oficial de meios de hospedagens aptos pelo governo. “O turista vai entrar no site (www.classificação.turismo.gov.br) e vai saber se o meio é ou não classificado e se ele vai atender a sua demanda antes de chegar ao local”, alerta.
Baseado em dados cedidos pela Amazonastur, o último levantamento feito pela empresa apontou que cem hotéis estavam aptos a receberem turistas em padrões internacionais.

Amazonas na Copa

Além dos projetos desenvolvidos pela Fifa (Federação Internacional de Futebol), a presidente da Amazonastur, Oreni Braga, conta que o Estado contará com um trabalho paralelo de voluntariado em turismo. De acordo com a representante, a ideia surgiu durante uma viagem à África.
O objetivo é capacitar, aproximadamente, 230 pessoas que possam atuar em contato direto com os turistas – brasileiros e estrangeiros – que optarem por acompanhar a Copa do Mundo de 2014 em Manaus.
“As equipes estarão distribuídas nos hotéis da cidade e terão informações sobre pontos turísticos, restaurantes, pontos comerciais e o que mais os visitantes precisarem”, explica. A previsão é que os cursos de capacitação sejam realizados a partir deste semestre.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email