Hospital Nilton Lins pretende crescer 30%

https://www.jcam.com.br/negociosservicos_cad2_1512.jpg
De acordo com uma das diretoras da unidade, Karla Lílian Magalhães Pedrosa, o número de atendimentos deve ser 30% maior no próximo ano

Inaugurado há exatamente um ano, o HNL (Hospital Nilton Lins), comemora sua passagem de atuação na Amazônia com saldo de aproximadamente 15 mil atendimentos, mais de 400 cirurgias, 2 mil consultas ambulatoriais e milhares de procedimentos clínicos em geral, no decorrer destes doze meses.

De acordo com uma das diretoras da unidade, Karla Lílian Magalhães Pedrosa, o número de atendimentos deve ser 30% maior no próximo ano, em função das obras de ampliação da estrutura física e extensão da oferta de serviços previstos.

Serviços ambulatorios

Karla Pedrosa, que também é vice-reitora, estima realização de mais de 100 exames por dia pelo laboratório de análises clínicas e cerca de 300 atendimentos entre serviços ambulatoriais e de internações clínicas e cirúrgicas, prontos socorros, atendimento psicológico, pediátrico, fonoaudiológico etc.

De acordo com a diretora, o HNL é dotado de estrutura moderna e equipamentos de alta tecnologia e foi construído pela empresa Kamam Arquitetura Hospitalar, uma empresa especializada na edificação de hospitalares, o que ela aponta como fator de destaque entre os demais.

Equipe especializada

“Possuímos uma equipe especializada e equipamentos de ponta para proporcionarmos atendimento diferenciado na cidade a todos os nossos pacientes”, afirmou.

Previsão é de 100% concluído em 2009

A diretora complementou que entre as atividades mais comuns no HNL, pode destacar o serviço de pronto atendimento, estéticas, atendimento em cardiologia clínica, clínica geral e pediatria, como os mais procurados atualmente

O Centro Ambulatorial, o atendimento hospitalar e a internação também atende a convênios com a ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos), Unimed, Bradesco, Medservice, Amil, Petrobás, Gama Saúde, entre outros que encaminham pacientes ao HNL.

Qualidade de procedimento

“Todo e qualquer médico, não vinculado ao hospital pode promover atendimentos e solicitar internações, no formato da agenda do hospital”, disse.

Conforme explicou o presidente do HNL, Nilton Costa Lins Júnior, existe uma preocupação constante com a qualidade dos procedimentos relacionada ao aumento da quantidade de atendimentos e a ampliação da capacidade do hospital.
Segundo ele até junho de 2008, o HNL deve estar com os centros cirúrgicos de baixa, média a alta complexidade e mais de 210 leitos. “Nossa previsão é que até janeiro de 2009, o HNL esteja totalmente concluído”, ressalta.

O diretor administrativo do hospital, Weuler Souza Acre, aponta a inauguração da nova unidade de internação e a construção de novos leitos para as UTI’s (Unidades de Tratamento Intensivo) adulta e pediátrica como avanços de destaque da instituição, ante aos 61 leitos e 16 modernos apartamentos construídos até o momento.

Segundo Acre, a clínica de diagnóstico por imagem deve ser concluída até o mês de janeiro de 2008, bem como o atendimento à pacientes neurológicos e cirurgias cardíacas deverão iniciar a partir dessa época.

“Outros dois prédios serão construídos para esta finalidade e vão ser entregues durante o próximo ano, o que por certo vai oportunizar a realização de novos procedimentos em nosso corpo hospitalar”, disse.

Fase de expansão

Acre revelou que apenas 25% da estrutura física do prédio está concluída, mas até junho de 2008, o HNL deve estar com 75% de sua construção pronta e finalmente em janeiro de 2009, o prédio estará completamente acabado e operando em 100%.

“Quando toda a estrutura estiver pronta, pretendemos abrir para conveniados ao SUS (Sistema Único de Saúde)”, cogitou. “A abertura pública só se dará quando tivermos capacidade para atender toda essa demanda”, justificou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email