3 de março de 2021

Não temos dúvida de que o populismo sempre fora um malefício às Nações por corroerem as instituições. Contudo, somente agora vem a mídia derrotada nas urnas reconhecer que “a derrota de Donald Trump fará bem à democracia nos Estados Unidos”. Criticar após o resultado nas urnas é o mesmo que fazem  os jornalistas esportivos que fulminam os derrotados  após os 90 minutos. Assim é fácil… sejam mais honestos e abordem os temas antes das eleições; posto que só assim poderão concluir quão maléfico fora o  populismo implantado e alimentado por LULA e DILMA; ambos representantes da pior escória de políticos que esta Nação já tivera; tanto que um já tem 3 condenações e a outra fora colocada para a rua.

Trazer o tema à baila neste momento afigura-se-nos covardia e oportunismo até porque quando da derrota do PT nas urnas apenas silenciaram… O fato é que o povo já se encontrava cansado de mentiras, de promessas e de hipocrisia; o que já estava gerando uma frustração incontrolável. E, com o crescimento de segmentos da população mais instruída e bem informada a desconfiança  na classe política  que governara o Brasil por 14 anos  só aumentara; contribuindo para que esse populismo viesse a ser derrotado cá e lá.

Comemorar  agora é  revelar uma torpeza  condenável, pois se beneficiaram  de situações pré-existentes  há décadas no mundo, mas só agora abordada. Norberto Bobbio, filósofo italiano  já chamara  de “promessas não cumpridas da democracia”, numa clara visão de que criar  e frustrar expectativas  sempre foram  aspectos intrínsecos  do mundo supostamente democrático , mas que na verdade fora comunista . Saber conviver sempre será uma experiência salutar  porque ganhar ou perder uma eleição não fará nunca com que o populismo venha a ser enterrado. E, se houvera um limite para a escalada do populismo lá e cá, as fortes bases da democracia verdadeira sempre haverão de se sobrepor aos nefastos desejos de políticos inconsequentes. Nossa e toda liberdade de expressão será sempre um dos sustentáculos da democracia sadia e fortalecida.

O mundo deverá ser sempre comandado pela verdade e a lei aplicável a todos. Infelizmente, não é o que vimos há décadas no Brasil, onde os delinquentes sempre  triunfaram. E o que é bem pior: o “poderoso” já condenado três vezes ainda tem espaço na mídia, onde acaba de “pedir crítica à gestão Bolsonaro pelas atitudes em relação ao COVID”; como se não soubesse da decisão do STF.

Enquanto  temos uma falta de respeito para com Bolsonaro, este trabalha em todas as áreas, com obras em quase todos os Estados, porque como já dissera  o filósofo Michel de Montaigne: “a mais honrosa das ocupações é servir o público e ser útil ao maior número de pessoas”. Assim, enquanto Bolsonaro e sua equipe produzem; os derrotados nas urnas ou buscam “pelo em ovo” ou se deterioram internamente. Que assim seja!

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email