Honda prevê queda de 65% no lucro anual, decorrente de terremotos

A Honda Motor informou ontem que prevê uma queda maior que a esperada, de 65%, no lucro operacional deste ano, enquanto luta para se recuperar do terremoto que atingiu o Japão em março.
Assim como outras montadoras japonesas, a Honda tardou a divulgar previsões financeiras devido a incertezas sobre quando o fornecimento de peças seria restabelecido após o desastre que devastou o país.
No final de abril, a companhia registrou queda de 52% no lucro operacional de janeiro a março, depois que a produção foi paralisada na segunda metade de março.
“Os números são bastante ruins”, disse Koichi Ogawa, gerente de portfólio na Daiwa SB Investments, em Tóquio. “Eles são muito conservadores e (os números) vieram bem abaixo do que os analistas esperavam”.
A dificuldade em obter centenas de peças levaram a Honda a adiar em três meses o lançamento do novo modelo Fit Shuttle. O veículo, que terá uma opção híbrida, está sendo apresentado esta semana para concorrer com o Prius Alpha, da Toyota.
Mais preocupante ainda é a perda com potenciais vendas do Civic no mercado norte-americano, após lançamento limitado em abril. A montadora afirmou que não retomaria a produção total do modelo mais vendido até depois de meados de setembro.
A 3ª maior montadora do Japão informou que prevê lucro operacional de 200 bilhões de ienes (US$ 2.49 bilhões) no ano fiscal até 31 de março de 2012, menos da metade da estimativa do mercado de 407,2 bilhões de ienes, segundo pesquisa da Reuters com 20 analistas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email