Honda para produção por dois dias

Em meio às dificuldades enfrentadas pelo polo de duas rodas, a Moto Honda decidiu parar por dois dias a produção na unidade instalada no Polo Industrial de Manaus. De acordo com o presidente da Moto Honda da Amazônia, Issao Mizoguchi, a interrupção tem como finalidade principal organizar o estoque nas lojas revendedoras. As atividades foram suspensas ontem e hoje e devem retomar amanhã.
Durante a entrega do prêmio Industrial do Ano, Mizoguchi dividiu a homenagem com os 10 mil colaboradores e lamentou a crise econômica em decorrência da dificuldade de aprovação de financiamento por parte dos bancos brasileiros. Para ele, pior do que a preocupação com a concorrência é a restrição de liberação de crédito. “Nossa estrutura está preparada para produzir 7 mil motos por dia, mas se as vendas não acompanham esse processo, criamos um excedente estocado”, explicou.
O presidente do Cieam (Centro da Indústria do Estado do Amazonas), Wilson Périco, enfatizou que a cada dez solicitações de financiamento, apenas uma tem sido autorizada. “Com essa barreira, fica difícil continuar a produção no mesmo ritmo”, exemplificou.
Segundo dados divulgados pela Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares), em janeiro de 2012 a produção de motociclos já apresentou uma queda de 4% em relação ao mesmo mês do ano passado. “Se as negociações de financiamento continuarem sendo negativas, esse número pode cair ainda mais neste semestre”, lamentou o representante do Cieam.
Sobre a paralisação temporária, Mizoguchi garante que a medida não sinaliza demissões. “Queremos apenas reajustar a produção”, afirmou. A fábrica localizada no Polo Industrial de Manaus representa a maior parcela de motos Honda produzidas no mundo.
O governador Omar Aziz adiantou sobre uma reunião a ser realizada ainda nesta semana com representantes do setor automobilístico e o ministro da Fazenda, Guido Mantega. Na pauta, viabilizar melhores condições de financiamento para retomar o ritmo de vendas planejadas para 2012.

Industrial do Ano

A Fieam (Federação das Indústrias do Estado do Amazonas) e o Cieam (Centro das Indústrias do Estado do Amazonas) realizaram na última sexta-feira (18) a 48ª edição do prêmio Industrial do Ano. O eleito de 2012 foi o presidente da Moto Honda, Issao Mizoguchi, que recebeu o prêmio das mãos do governador do Estado, Omar Aziz. O evento foi realizado no Clube do Trabalhador do Amazonas.
Entre as personalidades do meio industrial homenageadas está o sócio-administrador da TAP4 Informática, André Roberto Lima Tapajós, eleito Microindustrial do Ano. Com 20 colaboradores, o empreendedor desenvolve aplicativos para smartphones e tablets. Com apenas 16 meses, a empresa já atende clientes no Rio de Janeiro, e nas regiões Norte e Nordeste do país.
A Recofarma também foi premiada como a maior exportadora do Polo Industrial de Manaus, gerando 120 milhões de dólares em 2011. Para o diretor de operações da América Latina da Coca-Cola, Jório Veiga, receber o reconhecimento dá a sensação de contribuição para o desenvolvimento do PIM. “Atualmente, 75% da produção são voltados para o abastecimento interno e 25% são destinados para o mercado internacional”, explica e adianta que a unidade amazonense será responsável pelo abastecimento de Coca-Cola durante a Copa do Mundo, em 2014.
Por fim, a Ordem do Mérito Industrial foi para o ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça), Mauro Campbell. O prêmio representa a condecoração mais importante da indústria brasileira. Como o 4º amazonense a receber a homenagem, o ministro aponta para o sucesso na implantação de novas políticas públicas. “Essa homenagem vai para a justiça brasileira”, destaca.
O prêmio Mérito Industrial é concedido desde 1965 pela Fieam e visa homenagear aqueles que contribuem para a ascensão da indústria em Manaus.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email