Herdeiros dizem que vão enfrentar desafios

Para o empresário Jaime Benchimol, o sucessor sempre fica em uma situação delicada quando do processo de transição. “Se o negócio continuar dando certo, não fizemos mais do que obrigação, uma vez que pegamos o bonde andando. Por outro lado, se der errado, então as críticas serão duras”, afirmou. “Definitivamente não temos uma vida fácil”, completou Jaime em tom de brincadeira.
A Bemol atua no mercado local há 65 anos. Teve início em 1942 como uma empresa de representações de medicamentos, fogões e pneus, além de outros utensílios domésticos. No primeiro semestre de 2007, o crescimento das 13 lojas do grupo (11 em Manaus, uma em Itacoatiara e uma em Porto Velho) foi 12% maior ante o mesmo período de 2006. A expectativa é manter essa taxa de crescimento até o fim do ano.
Para Antonio Silva, o herdeiro da TV Lar, além do desafio de ganhar a confiança do fundador, outro ponto importante é a gestão transparente. “Uma empresa familiar é muito centralizada, até mesmo para sua proteção, e é muito importante deixar claro para todos os rumos que o negócio deve seguir, para que não haja surpresas”, disse.
A TV Lar começou com vendas de componentes eletrônicos na rua Henrique Martins, centro, em 1963, e tem hoje 24 lojas em todo o Estado.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email