Hélio Costa garante que reajuste para servidores dos Correios deve ficar em até 9%

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, disse na terça-feira que o governo deverá conceder reajuste aos funcionários dos Correios entre 7% e 9%. Segundo o ministro, isso teria um impacto de R$ 400 milhões aos cofres públicos. Costa não detalhou se o percentual de reajuste seria sobre o salário base ou se entram na conta os benefícios.
Costa reuniu com o presidente dos Correios, Carlos Henrique Custódio, para discutir a paralisação da categoria, iniciada na última quarta-feira. “Estamos em um momento de expansão nos Correios, mas não temos condições de suportar um aumento (com impacto) maior do que R$ 400 milhões”, disse Costa durante a Conferência Nacional Preparatória de Comunicações, na Câmara dos Deputados. Os funcionários dos Correios estão de greve desde quarta-feira passada. A diretoria dos Correios ofereceu abono de R$ 400 e um vale-alimentação extra de R$ 391 em dezembro, reajuste de 3,74%, inclusão dos pais de novos funcionários no plano de saúde e auxílio-creche para até 7 anos de idade.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email