Grupo português quer faturar R$ 500 milhões com novo shopping

Com projeção de faturamento de R$ 500 milhões anual, o Manauara Shopping, décimo empreendimento do grupo português Sonae Sierra no Brasil, foi lançado nesta quinta-feira em evento no Tropical Hotel, com os detalhes do novo centro comercial cuja previsão de inauguração é para março de 2009. De acordo com os executivos, 33% da área já foi comercializada, sendo confirmadas quatro das l1 lojas âncoras previstas, que são Bemol, Playarte, Magic Games e Riachuelo.

Os diretores do grupo informaram ainda que estão sendo preparadas pelo menos três novidades para a cidade. Questionados a respeito de uma possível vinda para Manaus da rede varejista Pão de Açúcar, os executivos não descartaram a hipótese, afirmando apenas não poderem divulgar certas informações por uma questão de política interna. “Para determinadas coisas somos muito conservadores, e não tenho o que dizer sobre esse grupo”, disse o diretor de operações da Soane Sierra Brasil, Cesar Garbin.

A capital amazonense é a terceira do país a receber projetos da companhia européia. “A quarta cidade do Brasil, com uma das mais elevadas rendas per capita, ainda tem uma oferta muito pequena de grandes centros de compras, o que significa que aqui há uma grande potencialidade de negócios”, explicou o Garbin.

O novo centro de compras focado nas classes A e B, que será o segundo maior do grupo no país, depois do Parque D. Pedro Shopping (três vezes maior que o Manauara), localizado em Campinas, recebeu um aporte de R$ 175 milhões. Serão quatro pisos de lojas e 2.750 vagas de estacionamento, das quais apenas 400 estarão nos dois edifícios-garagem e serão descobertas. As obras iniciadas em agosto estão empregando 700 pessoas, e com as operações a partir de 2009, serão criados três mil novos postos de trabalho.

O público de 1,2 milhão de pessoas esperado por mês contará com uma variada gama de produtos e serviços. Serão 262 lojas que ocuparão uma área de 43.616 m². Somente na área de alimentação, serão três restaurantes e 18 operações de fast food. O cinema operado pela Playarte contará com dez salas no estilo stadium.

O projeto arquitetônico foi desenvolvido para privilegiar a luz natural através de grandes áreas envidraçadas e clarabóias na cobertura, que permitem uma economia de energia de até 35%. O empreendimento terá ainda uma estação de tratamento de efluentes, com a reutilização da água no próprio centro comercial, como nos vasos sanitários, na irrigação de plantas e no sistema de refrigeração do shopping. circunvizinhas.

De acordo com o CEO da Sonae Sierra Brasil, João Pessoa Jorge, há uma grande preocupação na organização com a preservação do meio-ambiente. “Somos especialistas internacionais em shopping centers e nossas obras visam sempre à sustentabiliade ambiental”, informou. “O Manauara será o que há de mais bonito e correto ecologicamente no mercado local”.

Proprietária e co-proprietária de 45 empreendimentos em sete países, sendo o Brasil o único a não pertencer ao continente europeu, a Sonae Sierra faturou 270,6 milhões de euros no ano passado, dos quais a subsidiária brasileira responde por 10%. Este ano, a Sonae Sierra Brasil apresentou um crescimento de 50% no faturamento do primeiro semestre em relação ao igual período do exercício anterior, totalizando R$ 53 milhões.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email