1 de julho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Grupo editorial Saraiva mantém estratégias de negócio no trimestre

No primeiro trimestre de 2009, o grupo Saraiva deu continuidade às suas ações estratégicas com o objetivo de ampliar as operações de varejo, bem como os negócios editoriais

No primeiro trimestre de 2009, o grupo Saraiva deu continuidade às suas ações estratégicas com o objetivo de ampliar as operações de varejo, bem como os negócios editoriais. O destaque ficou por conta da receita bruta consolidada que atingiu R$ 374,8 milhões, superando em 26,7% o resultado do 1° T08. Além disso, o Ebitda consolidado (lucro líquido antes de resultados financeiros, contribuição social, imposto de renda, depreciação e amortização) somou R$ 75,6 milhões, um aumento de 7,1% ao registrado no mesmo período do ano anterior.
As operações editoriais têm como característica ser menos suscetíveis as variações macroeconômicas, uma vez que a Editora comercializa basicamente livros de adoção obrigatória. O primeiro trimestre é importante para os resultados do ano, pois praticamente define o desempenho da receita de livros destinados ao mercado privado. A receita bruta da Editora acumulou R$ 132 milhões e apresentou um expressivo crescimento de 17,3% no 1°T09 com relação ao 1°T08, resultado dos investimentos realizados nos últimos anos em novos conteúdos destinados às escolas privadas de nível fundamental e médio, bem como a estudantes e profissionais.
O Ebitda da Editora totalizou R$ 61,1 milhões, montante 15,5% superior ao registrado no 1°T08. Já o lucro líquido antes da equivalência patrimonial da controlada (Livraria) foi 13% superior ao reportado no 1°T08, ou seja, de R$ 38,5 milhões no 1°T09, contra R$ 34,1 milhões no mesmo trimestre do ano passado. O lucro líquido após a equivalência patrimonial somou R$ 43 milhões no 1°T09, sendo portanto 0,2% superior ao do 1°T08, de R$ 42,9 milhões.
Os investimentos realizados no 1°T09 acumularam R$ 3 milhões e foram destinados basicamente a projetos de tecnologia da informação. Durante o 1°T09 ocorreu também a primeira liberação de recursos do BNDES para a Editora, no valor de R$ 11,7 milhões de um contrato de R$ 71,9 milhões assinado em março de 2009. Este novo empréstimo tem como objetivo financiar o plano de investimentos editoriais para o período de 2008 a 2010 e será desembolsado pelo BNDES até dezembro de 2010.

Saraiva e Siciliano

A receita bruta da Livraria totalizou R$ 259,1 milhões, 33,3% superior a registrada no 1° trimestre de 2008. Atualmente a Livraria conta com 41 lojas Saraiva e mais 46 lojas da Siciliano, uma área total de vendas de 41,4 mil metros quadrados.
O desempenho de vendas da Livraria foi positivamente influenciado pelos seguintes fatores: o crescimento do varejo eletrônico (+29,7%), e pelo incremento das receitas provenientes das lojas físicas (+35,2%), além da expansão das vendas no conceito de lojas comparáveis.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email