Gradiente amplia infra-estrutura

Uma das maiores e mais respeitadas fabricantes de bens de consumo eletrônicos do mercado brasileiro, a Gradiente, promoveu uma importante ampliação da infra-estrutura de impressão corporativa em todas as suas unidades localizadas em São Paulo e Espírito Santo. Este incremento deve se estender em breve para a fábrica em Manaus.
O contrato de outsourcing de impressão, que mantém com a Simpress, distribuidora oficial da Ricoh no Brasil, desde 2002, além da expansão física, passou a considerar toda a produção de documentos corporativos da Gradiente que, no início, compreendia somente as cópias e impressões em preto e branco.
Fábio Gimenes Metta, coordenador de TI da Gradiente, conta que o processo de expansão começou com uma necessidade específica da companhia, que era a mudança da antiga sede administrativa, localizada em um prédio de 15 andares, para uma nova construção, com um leiaute diferenciado distribuído em cinco andares.
“Vimos na mudança uma excelente oportunidade para renovar os atuais ativos Ricoh, retirar equipamentos ‘stand alone’ espalhados pelos departamentos e que geravam custos de manutenção altíssimos, considerar ampliação do parque para suportar impressões coloridas e também ativar novas funcionalidades tecnológicas que facilitariam a vida dos nossos usuários”, destacou Metta.
O projeto teve início com a transferência do atual parque de impressoras da antiga sede na região de Pinheiros, para a nova sede na Vila Olímpia, ambas em São Paulo. Foi feito um dimensionamento considerando o novo leiaute e também a inclusão de novos sites na região da avenida Paulista (call center), Barueri (Centro de Distribuição) e Cariacica (escritório operador logístico) no Espírito Santo.
Dos 17 equipamentos para cópias e impressão P&B iniciais, a Gradiente passou a contar com 32 novos equipamentos –18 multifuncionais, uma impressora monocromática, oito impressoras GelSprinter e cinco aparelhos de fax.
Além de gestão total e controle da operação da base instalada por conta da Simpress, as mudanças tecnológicas incluem os novos recursos das multifuncionais, como Scan to email, Scan to Folder, Scan to Fax e Duplex, e ainda o software de bilhetagem, em processo de implementação a ser centralizado na matriz.
Somando-se a isso, as impressões coloridas, agora em rede, passaram a ser melhor controladas com a criação de regras de utilização.
Todos esses fatores resultaram na racionalização e aumento da produtividade. Se em 2003 a demanda de páginas impressas por mês chegou a 300 mil, agora, com as novas funcionalidades e novos controles implantados chega a 200 mil impressões entre cor e P&B, incluindo todos os sites da Gradiente.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email