Governo monta frente de trabalho conjunta para combater dengue

O governador em exercício, Omar Aziz, lançou, ontem, a Operação Impacto contra a Dengue, fruto de uma parceria entre o governo do Amazonas, por meio da Fundação de Vigilância em Saúde e Corpo de Bombeiros, Forças Armadas – Exército, Marinha e Aeronáutica – e Prefeitura de Manaus. Na ocasião, Omar anunciou, ainda, a contratação de 704 agentes, além dos três mil já escalados para a operação, a fim de que as ações tenham resultados imediatos.
“Serão contratados, num primeiro momento, 400 pessoas e, depois, mais 304 novos agentes para o combate à dengue. Como estamos numa ação emergencial, serão contratos temporários por tempo determinado, uma vez que não haveria tempo hábil para a realização de concurso público”, disse Omar, acrescentando que, ao todo, os profissionais irão atuar, durante dois meses, em 30 bairros da capital, mapeados como os de maior risco para a transmissão da dengue.
Ao dirigir-se à imprensa, o governador em exercício lembrou que o combate ao mosquito aedes egypti é uma obrigação do Estado, mas que tem de contar com o apoio da população para ter efetividade. “Trata-se de uma luta do governador Eduardo Braga, do prefeito Serafim Corrêa, das Forças Armadas, mas que precisa da ajuda de todos. Há situações que podem escapar ao poder público, como caixas d’água destampadas em residências e outros tipos de criadouros.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email