Governo libera comércio para delivery e restaurantes para delivery e drive-thru

O novo decreto do Governo do Estado com restrições para reduzir o contágio da Covid-19 traz flexibilizações para a atividade produtiva no Amazonas. O decreto deve ser publicado amanhã com vigência a partir de segunda-feira para um período inicial de sete dias.

Na tradicional live para anunciar as medidas, o governador do Amazonas, Wilson Lima, disse que o toque de recolher vai voltar agora para o horário das 19h às 6h, mas como algumas flexibilizações.

O comércio, por exemplo, vai ficar liberado para vendas eletrônicos com entrega em delivery, das 8h às 17h. Restaurantes e bares poderão funcionar na modalidade delivery das 6h e 22h e com a opção drive-thru, das 6h a 18h. As lojas conveniência poderão funcionar até 18h, sem consumo no local.

A indústria poderá funcionar 24 horas, com ajustes de turnos para não haver deslocamentos entre 19h e 6h, horário do toque de recolher. coleta entre 6 e 18h.

O ponto facultativo do feriado de Carnaval também será cancelado através de decreto, ficando proibida aglomerações festivas de Carnaval no período.

O decreto valerá por sete dias, a partir de segunda, mas será feito acompanhamento para observar a evolução nesse período.

“Vamos avaliar e tomar decisões de acordo com a evolução. Há possibilidade, durante a semana, o governo rever essas medidas. vai depender do comportamento dos números”, afirmou o governador.

Wilson Lima disse que o Amazonas permanece na fase roxa, a mais complicada, e explicou que todas as decisões são baseadas em critérios científicos, de acordo com o quadro epidemiológico, mas observando as demandas sociais.

“Estamos conversando com todo mundo, com comitê, com os órgãos de controle. Nenhum das decisões são fáceis, mas necessárias. Faço isso com ponderação e seriedade, observando a proteção de vidas, mas buscando liberar algumas atividades econômicas”, afirmou.

Veja o que funciona agora:

  • Comércio vendas por meio eletrônico e entrega via delivery – de 8h às 17h;
  • Indústrias podem funcionar por 24h, mas sem deslocamentos entre 19h e 6h;
  • Bares e restaurantes – de 6 às 22h para delivery e drive-thru até 18h;
  • Lojas de conveniência – 6h até 18h sem consumo no local;
  • Assistências técnicas apenas em domicílio – de 8h às 17h;
  • Controle de pragas em domicílio – de 8 às 17h;
  • Obras nas áreas de saúde e infraestrutura estão permitidas;
  • Obras de segurança e reparo predial estão permitidas;
  • Instituições filantrópicas – arrecadações de 8 às 17h;

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email