Governo do Pará investe R$ 12 mi em ações sociais

O município de Tailândia é alvo da operação “Guardiões da Amazônia”, em que foram apreendidos 13 mil metros cúbicos de madeira ilegal.
As medidas que se iniciam este mês foram estudadas por um grupo de trabalho constituído há 15 dias e dialogadas com os representantes do município, como Associação Comercial, Câmara de Dirigentes Lojistas, Lions Clube, Maçonaria, Grêmio Estudantil, Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Madeireira e Sindicato das Empresas Madeireiras, reunidos com assessores do governo do Estado.
O plano do governo do Estado prevê a contratação de 800 trabalhadores nas obras de recuperação de vicinais e pavimentação, serviços de limpeza e arborização urbana e investimentos na agricultura familiar para mudar o modelo de produção em Tailândia. Para isso, a Sagri (Secretaria de Estado de Agricultura) assinará convênio com a Cooperativa de Produtores de Tailândia visando o aproveitamento do suco do caju, fruta que já tem sua castanha beneficiada no município.
Também será dinamizada a criação de animais, intensificada a produção de oleaginosas para produção de biocombustíveis, o município é o maior produtor nacional de dendê, com 30 mil toneladas de frutos em 2007, e incentivada a produção de leite. Tailândia conta com uma indústria que produz três mil litros, enquanto sua capacidade é para dez mil litros/dia.
“Para que o Pará possa se habilitar a um novo modelo de desenvolvimento, atraindo investimentos de indústrias e siderúrgicas, precisamos romper com uma prática comum em nosso Estado, que era o governo ser leniente com a impunidade e a ilegalidade, no que diz respeito ao desmatamento e crimes ambientais”, ressaltou a governadora. Segundo ela, a siderúrgica da Vale anunciada esta semana representará um investimento de R$ 5 bilhões e significa “um sonho de mais uma dezena de anos dos paraenses, que é a verticalização do nosso minério”.
Ela anunciou ainda que as Sedes (secretarias de Estado de Desenvolvimento Social), Seduc (de Educação) e Seter (de Trabalho, Emprego e Renda) farão um diagnóstico no município para ações na área social. Além disso, a Escola de Trabalho e Produção promoverá cursos alinhados com a vocação econômica de Tailândia.

Plano vai beneficiar vários setores do município

Na área de Ciência e Tecnologia, está prevista a instalação da Cidade Digital no município, que garantirá a inclusão de 12 escolas no programa Navega Pará, a partir de 16 de junho deste ano. Três infocentros a serem instalados em Tailândia, também em junho, oferecerão acesso gratuito à internet.

Pará
Rural

Durante a coletiva à imprensa, a governadora assinou decreto que inclui Tailândia no projeto piloto do Pará Rural, de adequação do modelo de gestão territorial integrada, que passa pela regularização fundiária, regularização ambiental e apoio à produção. Os outros municípios são Almeirim, Eldorado dos Carajás, Igarapé-Açu e Parauapebas. Apenas em Tailândia serão investidos em torno de R$ 2 milhões.
“Com a regularização de sua propriedade, uma família pode se candidatar ao Pronaf –recursos da agricultura familiar– de R$ 18 mil. Se conseguirmos regularizar mil propriedades, serão R$ 18 milhões atraídos pelo Pará Rural”, exemplificou Marcílio Monteiro. O programa apoiado pelo Banco Mundial envolve mais cinco órgãos estaduais: Sagri, Sema, Ideflor, Iterpa (Instituto de Terras do Pará) e Emater (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural). “Queremos mudar uma economia pautada na agressão ao meio ambiente para uma economia virtuosa, com mecanismos que viabilizem a produção e a geração de renda, dentro dos princípios da sustentabilidade”, acrescentou.

Meio
Ambiente

Além do mutirão para liberação dos PMFS (projetos de manejo florestal sustentável) dentro da legalidade, em andamento no município, o governo do Estado, por meio do Ideflor (Instituto do Desenvolvimento Florestal) implantará um centro de produção de mudas e sementes para reflorestamento e recomposição de área

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email