15 de abril de 2021

Governo deve aprovar mudanças nos fundos

O governo pode aprovar ainda este mês mudanças nas regras dos fundos de previdência aberta que vão forçar uma troca de títulos que pagam a variação da taxa básica de juros

O governo pode aprovar ainda este mês mudanças nas regras dos fundos de previdência aberta que vão forçar uma troca de títulos que pagam a variação da taxa básica de juros, por papéis com rendimento maior e que normalmente têm um prazo mais longo de vencimento.
De acordo com dois integrantes da equipe econômica, ouvidos pelo Grupo Estado, o governo está trabalhando para que a medida seja aprovada na próxima reunião do Conselho Monetário Nacional (CMN), marcada para o dia 20 de dezembro. O Ministério da Fazenda deve definir a questão na semana que vem.
O governo mudou a proposta inicialmente elaborada e vai exigir uma prazo médio de repactuação da carteira dos fundos – chamado no jargão econômico de “duration” – de três anos. A medida penaliza os ativos atrelados à Selic e aos juros que bancos cobram para emprestar dinheiro para outras instituições, o chamado DI. Essas duas taxas têm uma “duration” de apenas um dia
As condições de taxa de juros dos ativos que pagam ao investidor a variação desses indicadores podem mudar de um dia para um outro. Já para uma aplicação com uma taxa prefixada na hora da compra (que não será alterada mesmo se as condições de mercado se modificarem) a “duration” é calculada com base no prazo que falta para o vencimento do papel.
O governo acredita que a nova regulamentação vai incentivar a redução dos ativos vinculados à taxa Selic na carteiras dos fundos de previdência aberta. Com a queda do juro básico, os gestores desses fundos estão buscando aplicações com prazos de vencimento mais longos e que garantam maior rentabilidade.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email