10 de abril de 2021

Governo anuncia seguro para agricultores

Os 133 mil agricultores familiares do Semi-árido inscritos no Programa Garantia-Safra para a safra 2007/2008 receberão R$ 220, referentes a duas parcelas a que têm direito, entre os dias 16 e 30 de abril

Os 133 mil agricultores familiares do Semi-árido inscritos no Programa Garantia-Safra para a safra 2007/2008 receberão R$ 220, referentes a duas parcelas a que têm direito, entre os dias 16 e 30 de abril. O programa é um seguro de renda para produtores que tenham perdido pelo menos 50% da produção esperada por causa da seca ou do excesso de chuvas.
Para participarem, os produtores também devem ter renda bruta familiar mensal de até um salário mínimo e meio e plantar entre 0,6 e 10 hectares de culturas não irrigadas de arroz, algodão, feijão, mandioca e milho. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Agrário, que administra o programa, a novidade é o primeiro lote pago a agricultores que tiveram perdas pelas enchentes.
“A mudança no programa, feita nesse ano, na safra 2008/2009, com ação retroativa, atende uma necessidade do Semi-árido, que nos últimos anos sofre também com o excesso de chuvas”, explicou nota do ministério.
De acordo com a coordenação nacional do programa, 159 municípios foram atendidos por perda comprovada na produção da safra passada, sendo 70% deles por excesso de chuvas. Até o fim de julho, quando começa o ciclo 2009/2010, cada agricultor terá recebido R$ 550 do Garantia-Safra.
Segundo o ministério, cerca de 560 mil agricultores familiares do Semi-árido aderiram ao programa. Além dos estados do Nordeste, ele beneficia agricultores dos vales do Mucuri e do Jequitinhonha, no norte de Minas Gerais.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email