Governo anuncia fim do embargo russo à carne

O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, anunciou o fim do embargo da Rússia à importação de carne brasileira a partir de 1º de dezembro. A decisão, na avaliação do ministro, favorece a imagem do Brasil no mercado externo e pode reverter as ameaças da União Européia de endurecer as exigências para importação de carne.

Segundo Stephanes, a missão russa, que esteve no Brasil em setembro, ficou “satisfeita” com a melhora nas condições sanitárias. O principal problema –os focos de febre aftosa– está sob controle, assegurou o ministro.

“Estão superados praticamente todos os problemas sanitários com a Rússia”, disse o ministro, destacando que aquele país é o principal mercado consumidor da carne bra­sileira. “O Brasil não vinha dando a devida atenção a este mercado”, afirmou Stephanes, em um mea culpa.

De acordo com o ministro, a Rússia compra 15% de toda a carne exportada pelo Brasil, sendo que a União Européia, com 27 países, importa 18% do produto.

As exportações de carne, segundo ele, crescem 20% ao ano, o que não compromete a demanda do mercado interno, mas pode ter reflexo sobre os preços.

“O preço está sendo ditado pelo mercado internacional. Há uma demanda aquecida. Em conseqüência, os preços em nível internacional têm melhorado e claro que isso tem reflexo também interno”, disse o ministro.

A Rússia manteve o embargo à importação de carne brasileira desde dezembro de 2005. Com a decisão, os produtores do Pará, Amazonas, Mato Grosso do Sul, Paraná, Minas Gerais, Santa Catarina, Goiás e São Paulo poderão retomar as vendas.

O Ministério da Agricultura, segundo Reinhold Stephanes, está tomando medidas para atender as exigências de controle da carne.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email