Governador Wilson Lima fomenta a piscicultura no Amazonas

O governador Wilson Lima lançou, nesta terça-feira,02/06, por meio da Sepror (Secretaria de Produção Rural), um edital de chamamento público para aquisição de 210 kits com material de apoio a piscicultores do Amazonas. De acordo com o governador, os fomentos fazem parte do processo de retomada gradual das atividades econômicas do setor primário no Amazonas, após a fase mais crítica da pandemia do novo coronavírus.

Na ocasião, também foram entregues 38 aeradores para fomentar a atividade no estado, além de 14 mil mudas de guaraná destinadas a produtores de seis municípios e de máscaras de tecido que serão distribuídas entre agricultores e servidores da Sepror no interior. A solenidade aconteceu no Parque João Brasiliano, localizado no Ramal do Baiano, estrada do Tarumã.

“Entendemos que o setor primário é importantíssimo à atividade econômica, sobretudo neste momento em que precisamos recuperar empregos e recuperar nossas atividades econômicas. Aqui nós entregamos kits que são fundamentais para a criação de peixes, para acompanhar o pH da água, para acompanhar todos os procedimentos envolvidos nessa criação. Fizemos também aqui a entrega de aeradores para a oxigenação da água, afirmou o governador.

Também dentro das ações do governo estadual para o fortalecimento do setor primário, o Projeto Prioritário do Guaraná recebeu um reforço com a doação de 14 mil mudas fornecidas por uma empresa de Presidente Figueiredo. Serão beneficiados mais de mil produtores com as mudas de guaraná (Paullinia cupana) nos municípios de Boa Vista do Ramos, Coari, Presidente Figueiredo, São Sebastião do Uatumã, Urucará e Apuí. A distribuição será feita por meio das unidades locais do Idam )Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas).

“Dentro dessas ações de fomento do setor primário, estamos também fazendo a entrega de mudas de guaraná, mudas com melhoramento genético, que serão destinadas àqueles municípios que têm vocação para essa cultura, aqueles que já têm a cadeia formada desde a plantação até a produção”, destacou Wilson Lima.

O titular da Sepror, Petrúcio de Magalhães Junior, destacou a importância de manter os incentivos ao setor primário, mesmo durante a pandemia de Covid-19. “Segundo dados do IBGE, o único setor que não teve prejuízo foi o setor agro. O agro não parou, os produtores continuaram produzindo alimentos, colocando na mesa dos cidadãos, abastecendo as cidades com alimentos e o plano de ação, de fomento e Plano Safra do governo do Estado tem sido fundamental para fortalecer a produção no Amazonas”, pontuou.

Prevenção

Para fortalecer o combate ao novo coronavírus, o governador Wilson Lima entregou à Sepror 300 litros de álcool líquido e 120 litros de álcool gel 70%. O material será distribuído entre as unidades do Idam, os escritórios da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf) e a sede da secretaria.Também foram entregues 10.860 máscaras de tecido confeccionadas pela Cooperativa de Trabalho de Artesanato Amazonense (Copamart), que serão doadas a 9.500 agricultores do interior e a 1.360 servidores do Sistema Sepror.

“Essas entregas são importantes para fomentar o setor primário neste momento em que a gente trabalha não só para a recuperação das atividades econômicas, mas também sem esquecer da proteção dessas pessoas”, acrescentou Wilson Lima.

Fonte: Severo Neto

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email