Google cria fundo para ­investir US$ 100 milhões

O Google anuncia a criação de um fundo de investimentos de venture capital por meio do qual planeja investir mais de US$ 100 milhões nos próximos 12 meses, afirmam pessoas familiarizadas ao anúncio em reportagem do New York Times nesta terça-feira, 31.
O grupo chamado ­Google Ventures será comandado por David Drummond, que mantém sua função de ­vice-presidente sênior de ­desenvolvimento corpo­rativo e Chief Legal Officer da empresa.
Os investimentos serão avaliados por William Maris, que se juntou ao Google há cerca de um ano, e por Rich Miner, co-fundador da Android, empresa de softwares para mobilidade adquirida pelo Google em 2005 e que batizou o sistema operacional da empresa para celulares.
Miner e Maris disseram que o fundo investirá em uma série de indústrias incluindo internet na área de consumo, software, tecnologias ‘limpas’, biotecnologia e saúde, em um post no blog da empresa, publicado na noite de segunda-feira, 30.
A administração do Google vai buscar retorno financeiro e considerar uma variedade de investimentos, dizem as fontes ligadas ao assunto. O modelo envolve mais do que apenas ter um braço de investimentos para financiar startups com projetos ligados a seus produtos.

Bala na agulha

O Google Ventures já fez dois investimentos: a Silver Spring Networks, empresa que fornece tecnologia para gerenciamento elétrico de grids; e a Pixazza, que promove links online para imagens relacionadas a produtos comercializados na web.
O Google já possui um histórico de investimentos por meio de sua área de desenvolvimento de negócios e pela divisão sem fins lucrativos Google.org. As unidades serão mais alinhadas ao ­Google Ventures, já que Megan Smith, vice-presidente de desenvolvimento de novos negócios, também assumiu a gerência-geral do Google.org. (IDG Now)

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email