Golden cresce cerca de 10% no primeiro semestre de 2009

Em meio a uma retração no mercado de iluminação brasileiro, a Golden fecha o primeiro semestre com um crescimento em torno de 10%. Apesar da crise, a empresa apostou no crescimento com a promoção de 44 novos lançamentos e investimentos na marca.
“Além de ampliar nosso mix de produtos disponível para venda no mercado, a empresa fez um forte investimento no rejuvenescimento da marca, que contempla a remodelação das embalagens e do material do ponto de venda, além do novo”, explicou o diretor comercial da Golden, Ricardo Cricci.
A elevação do custo com energia elétrica foi outro fator que favoreceu o mercado de lâmpadas, motivando o consumidor a procurar produtos mais eficientes. Seja na linha residencial, onde a lâmpada fluorescente compacta está ocupando espaço da incandescente, seja na iluminação pública ou no comércio e na indústria, os produtos voltados à eficiência energética cada vez mais ocupam o lugar dos menos eficientes.
A mudança de comportamento do consumidor, em busca de alternativas viáveis para enfrentar a crise econômica mundial explica a busca por produtos mais sustentáveis e que ofereçam retorno monetário, na avaliação da Golden. “Em tempos de crise, os consumidores se tornam mais exigentes quanto ao custo benefício dos produtos, o que no caso das lâmpadas se traduz na crescente conscientização quanto à economia de luz e durabilidade”, avaliou Cricci.
A venda de produtos para iluminação pública e de lâmpadas fluorescentes compactas lidera o ranking de unidades vendidas. Estas últimas, que representam cerca de 70% dos negócios da Golden, não são produzidas no Brasil. A popularização de seu uso, atribuída aos benefícios proporcionados pela eficiência energética, garantiu a procura do consumidor durante o período de crise mundial.
Cricci disse considerar que a primeira metade do ano ainda foi favorecida pelas obras em andamento, fruto da elevada gama de lançamentos ocorridos em 2008 e cujos financiamentos já foram liberados. O executivo revelou preocupação com o próximo ano, quando questionou sobre a manutenção da disponibilidade de crédito para continuar alimentando os investimentos na construção civil.
A expectativa da Golden é manter o mesmo ritmo de crescimento durante o segundo semestre. A empresa que esperava uma retração de 10% neste ano, em comparação com o crescimento de 30% obtido em 2008, fechará 2009 com uma curva ascendente no seu volume total de vendas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email