Um projeto que nasceu no curso de Gestão em T.I da Faculdade Martha Falcão está ajudando o manauara a melhorar a vida na cidade. O site manausalerta.com.br é uma ferramenta que vem dando voz à população como um canal onde são feitas reclamações e sugestões sobre problemas enfrentados por pedestres e motoristas, no seu dia a dia.
Buracos, calçamento, iluminação pública, sinal de trânsito quebrado, ônibus atrasado, solicitação de faixa de segurança para pedestre nas ruas, recolhimento irregular de lixo e falta de segurança, são algumas das reclamações mais frequentes do Manaus Alerta.
O usuário entra no site, faz um cadastro, cria um login e uma senha, e pode interagir fazendo sua denúncia ou sugestão. Diariamente são feitas em torno de 200 reclamações pelos internautas, a maioria de buracos que viraram crateras nas ruas da cidade.
“A população tem feito seus relatos. Começamos quando muitas pessoas reclamavam por meio do WhatsApp e decidimos criar o site para que as pessoas tivessem um meio de se comunicar com as autoridades. Agora estamos armazenando informações para em breve abrir uma comunicação com a prefeitura”, afirma um dos criadores do site, Luiz Reis. Ele com mais os colegas de turma do 3º período, Luciano Floresano e Márcio Lopes, agora trabalham para melhorar o nível de acesso do aplicativo e instalar uma sessão no site do tipo: “Problema Resolvido”.
Esse é o terceiro projeto criado pelos alunos do 3º ano do curso de Gestão de T.I da Faculdade Martha Falcão. No primeiro período eles criaram o stooldoo.com.br, uma rede social acadêmica para convergir as informações entre professores e alunos tirando dúvidas sobre trabalhos e matérias dadas na sala de aula.
Outro projeto foi o “Tamo Junto”, criado com o objetivo de reduzir o número de carros no estacionamento da faculdade evitando a superlotação no local.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email