Gerdau anuncia aporte de US$ 1.4 bi para subsidiária peruana Siderperu

A Gerdau anunciou nesta segunda-feira, 1º, um plano de investimentos de US$ 1.4 bilhão de sua subsidiária peruana Siderperu, localizada na cidade de Chimbote, para aumentar em mais de seis vezes a capacidade instalada de produção. Com o in­vestimento, ela será a maior produtora de aços longos e planos do Peru. Os planos de investimento foram ­apresentados na manhã de ontem ao presidente do Peru, Alan García.
“Em nível nacional, a Siderperu será líder em ­produtos de aços longos e planos, abastecendo o ­mercado interno e exportando, preferencialmente, para os países andinos”, afirmou, por meio de nota, o diretor-executivo da Siderperu, Luiz Polacchini.
De acordo com a siderúrgica, a capacidade de produção de aço crescerá para 1,5 milhão de toneladas em 2011 e alcançará 3 milhões de toneladas em 2013. Em uma primeira etapa, se ­desenvolverá um estudo de viabilidade técnica, que ­compreenderá a avaliação para a construção e ins­talação de equipamentos de produção, necessidades de logística, de infra-estrutura, energia e meio ambiente, ­entre outros.
De acordo com a Gerdau, o projeto prevê a geração de mais de quatro mil empregos durante a etapa de construção e dois mil novos empregos diretos.

Ponto estratégico

“O Peru é um país estratégico para a Gerdau por ser um mercado com grande potencial e com grandes possibilidades de desenvolvimento. Este projeto consolidará o crescimento da Gerdau no setor siderúrgico sul-americano”, afirmou por meio de nota André Gerdau Johannpeter, presidente da Gerdau. Atualmente a Gerdau está investindo US$ 122 milhões para modernizar o Complexo Siderúrgico da Siderperu.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email