Gastos com veículos ficou mais caro 1,62%

O item que teve contribuição importante para o aumento da inflação em março foi o seguro, com alta de 0,44%, responsável por 22,99% de todos os gastos que o motorista tem com o carro.

O custo para andar e manter o carro acumula alta de 1,60% no trimestre. Em março, a Inflação do Carro foi de 0,62%. Já está 1,60% mais caro andar de carro este ano. A Inflação do Carro, que mede o custo para o motorista andar e manter o carro, fechou marco com alta de 0,62%, chegando a 1,60% no trimestre.
Calculada pela Agência AutoInforme, a pesquisa da Inflação do Carro apura mensalmente o preço de todos os itens necessários para o motorista manter o seu carro: combustíveis, peças, serviços, seguros e impostos. O primeiro trimestre teve três altas seguidas (veja ao lado).

Alta nos preços

O aumento em março deveu-se principalmente às altas nos preços dos combustíveis: a gasolina ficou 0,39% mais cara e o álcool subiu 0,36% no mês. Embora nominalmente sejam percentuais baixos, ele têm muita influência no índice geral da inflação, pois respondem por 32% do total das despesas que o motorista tem com o carro no mês.
Outro item que teve contribuição importante para o aumento da inflação em março foi o seguro, com alta de 0,44%. O seguro do carro é responsável por 22,99% de todos os gastos que o motorista tem com mo carro.
Alguns itens tiveram altas expressivas no mês, caso da lona de freio, que subiu 5,88%, da lavagem simples (+3,60) e do balanceamento, que ficou 3,54% mais caro. Mas todos eles têm pouco peso do cálculo final da inflação pois o preço do produto ou do serviço é insignificante em relação ao total de gastos com o caro no dia a dia.
Alguns itens da cesta de produtos e serviços da Inflação do Carro ficaram mais baratos me março. A maiores quedas foram do filtro de ar (-1,46%), da lavagem completa (-1,10%) e do filtro de óleo (-1,02%).

Inflação do Carro / Março (%)

Lona de freio 5,88
Balanceamento 3,54
Jogo de velas 1,18
Gasolina 0,39
Filtro de ar -1,46

Fonte: AutoInforme

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email